Barcaça Locar V com os módulos do FPSO P-71 da Petrobras naufraga parcialmente

Barcaça que transportava os módulos M-15 e M-16 da P-71 naufraga parcialmente neste sábado, 18 de maio, em direção ao Espírito Santo.

Um episódio incomum no mercado brasileiro de óleo e gás marcou o último sábado, 18 de maio. A barcaça sem propulsão Locar V  que navegava rumo ao Espírito Santo transportando dois módulos de geração do FPSO P-71, naufragou parcialmente na noite de sábado, quando estava cerca de 120 km da costa de Itajaí – SC, relata o site Petronoticias. A boa notícia é que, não houve mortos ou feridos e o meio ambiente também não deve ser afetado com vazamento de resíduos oleosos.

O navio TS Favorito, da empresa Tranship estava rebocando a embarcação Locar V que transportava os módulos M-15 e M-16 em sentido ao Espírito Santo para serem integrados na plataforma P-71.

Tecnicamente os módulos foram perdidos, os mesmos foram a pique de forma parcial, tendo ficado com uma parte boiando de forma submersa em conjunto com a sua carga. Até o momento não se sabe o que desencadeou o acidente.

A barcaça Locar V é de propriedade da Locar Guindastes e Transportes Intermodais. A tripulação do Rebocador TS Favorito mantém a embarcação estável e realiza manobras para que possa permanecer em observação da Balsa Locar V e de sua carga em decorrência do mau tempo.

O casco da P-71 está sendo construído na China, mas a integração dos módulos ocorrerá no primeiro semestre de 2020 no Estaleiro Jurong em Aracruz -ES. A plataforma estava prevista para operar no campo de Sururu, na Bacia de Santos.

A P-71 é o último dos seis FPSOs replicantes contratados pela companhia. Inicialmente, a unidade teria seu casco construído pelo grupo Ecovix, no Estaleiro Rio Grande – RS, mas o contrato foi cancelado com 30% das obras concluídas, após a Engevix ser citada na Operação Lava Jato.

Atividades de remoção de mais de 100 mil toneladas de estruturas que pertenciam a P71 e P72 estão sendo realizadas e as mesmas vendidas como sucata. As vendas do aço das plataformas P71 e P72 tiveram início em abril e fazem parte do plano de recuperação judicial da Ecovix, homologado em agosto de 2018 pela Justiça.

Deputado consegue apoio do Governador para Construção do Terminal Portuário de Macaé


Baixem também o aplicativo  Empregos e Noticiais CPG para Android na Playstore clicando aqui. Nele postamos informações e oportunidades exclusivas todos os dias.

Gostaria de compartilhar uma foto conosco da sua área de trabalho, vagas de empregos ( com as fontes), sugestões de pautas ou alguma outra informação importante do ramo de energia e empregabilidade? Entre em contato com a gente no Messenger aqui.

About Flavia Marinho

Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica com ênfase em Automação , Inglês avançado e experiência na indústria de construção naval no estaleiro Brasfels (KeppelFells). Conhecimento dos processos de KPI, planejamento de tubulação, comissionamento e construção de drilling rigs, FPSO’s e reparos.