Aprovada resoluções que aprimoram a qualidade da gasolina brasileira

Roberta Souza
por
-
17-01-2020 09:20:38
em Economia, Negócios e Política

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou ontem medidas que melhoram a qualidade da gasolina produzida e comercializada no Brasil

A diretoria da Agência Nacional do Petróleo (ANP) aprovou ontem, dia 16 de janeiro, resolução que tem por objetivo aprimorar a qualidade da gasolina automotiva brasileira, produzida e comercializada, beneficiando todos aqueles que utilizam este combustível.

Tal resolução estabelece especificações e as obrigações na parte qualitativa do combustível, a ser antendido pelos agentes econômicos. A melhoria foca principalmente, em três pontos. O primeiro tem a ver com os valores de massa específica da gasolina, que na prática, significa mais energia e menos consumo.

O segundo ponto vai de encontro aos parâmetros de destilação, especificamente na temperatura no ponto 50% evaporado, ou seja, diretamente relacionado ao desempenho do motor, dirigibilidade e aquecimento. Já o terceiro ponto, já presente nas especificações de outros países, é a fixação de limites para a octanagem.

Tais resoluções necessitam de sua implementação devido à tecnologia dos motores atuais e que necessitam de uma gasoluna com maior desempenho, para atender as especificações do veículo. A ANP estabeleceu um prazo de transição, e durante este tempo, permanecem os valores anteriormente fixados na resolução de 2013 da agência.

A ANP visa nos estudos e faz pesquisas dos padrões de qualidade, considerando padrões internacionais e faz debates com diversos agentes do mercado de combustíveis. A nova resolução também atende os requisitos dos veículos e os níveis de emissões, que estão sendo cada mais rigorosos.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos