Início Abegás e Abiogás fecham parceria para impulsionar uso de biometano pelas concessionárias estaduais de gás natural e diversificar combustíveis

Abegás e Abiogás fecham parceria para impulsionar uso de biometano pelas concessionárias estaduais de gás natural e diversificar combustíveis

20 de maio de 2022 às 14:15
Compartilhe
Siga-nos no Google News
O grupo de trabalho cooperado criado pela Abegás e pela Abiogás nesta semana tem como principal objetivo viabilizar a utilização do biometano pelas concessionárias estaduais de gás natural e, dessa forma, diversificar a cadeia de combustíveis no Brasil
Foto: Generac/Divulgação)

O grupo de trabalho cooperado criado pela Abegás e pela Abiogás nesta semana tem como principal objetivo viabilizar a utilização do biometano pelas concessionárias estaduais de gás natural e, dessa forma, diversificar a cadeia de combustíveis no Brasil

A Associação Brasileira de Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) e a Associação Brasileira do Biogás (Abiogás) fizeram um anúncio na última quarta-feira, (18/05), para revelar o novo grupo de trabalho criado entre as companhias. Assim, o foco principal da parceria é diversificar a utilização de combustíveis no Brasil e impulsionar o uso de biometano pelas concessionárias de gás natural nos estados brasileiros ao longo dos próximos anos.

Novo grupo de trabalho cooperado da Abegás e da Abiogás focará na diversificação de combustíveis no Brasil e na utilização de biometano pelas concessionárias de gás natural 

Com o objetivo de tornar o mercado de distribuição de combustíveis no Brasil ainda mais diversificado ao longo dos próximos anos, a Abiogás se uniu à Abegás para desenvolver uma parceria. Dessa forma, foi criado um grupo de trabalho conjunto entre as duas organizações para que haja uma política de impulso à utilização de biometano dentro das concessionárias de gás natural nos estados brasileiros. Assim, o grupo impulsionará essas empresas a diversificarem a sua cadeia de fornecimento de combustível nas regiões. 

Artigos recomendados

A produção atual de biometano é da ordem de 400 mil metros cúbicos diários (m³/dia) nos campos brasileiros mas, de acordo com a Abiogás, esse número pode crescer significativamente ao longo dos próximos anos e alcançar outros patamares. Isso pois, ainda segundo a associação, 25 novas usinas já foram anunciadas no país, com capacidade para produzir cerca de 30 milhões de m³/dia , o que seria suficiente para abastecer a região sudeste, a maior do país, e realizar uma forte distribuição em outros estados nacionais. 

O setor de produção de biometano deverá receber até R$ 60 bilhões em investimentos para a expansão até o ano de 2030 e, com isso, a cadeia de combustíveis no Brasil será ainda mais diversificada. Além disso, o potencial total do setor, segundo estimativas da Abiogás, pode chegar a 120 milhões de m³/dia. Com isso, o grupo de trabalho da associação com a Abegás visa mostrar essas projeções e impulsionar a utilização desse combustível por parte das concessionárias de gás natural nos estados brasileiros. 

Utilização de biometano pelas concessionárias estaduais de gás natural é a melhor forma de diversificar os combustíveis e contornar cenário atual de alta nos preços do commodity

Com os constantes aumentos nos preços do gás natural e do petróleo no Brasil por parte da Petrobras, o mercado de óleo e gás nacional está enfrentando um cenário de instabilidade em relação ao repasse dos valores. Dessa forma, a adoção do biometano pelas concessionárias de gás natural no Brasil é a melhor alternativa para contornar essa situação, ao passo em que se desenvolve uma cadeia de abastecimento de combustíveis muito mais diversificada no país. 

O primeiro projeto para adicionar o biometano na distribuição de combustíveis no Brasil vem sendo realizado desde 2018 pela GNR Fortaleza, parceria entre a Marquise Ambiental e a Ecometano, do grupo MDC, e, atualmente, é responsável por injetar na rede da Cegás o gás produzido no Aterro Sanitário Municipal Oeste de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. Esse é um dos melhores exemplos da utilização do recurso pelas concessionárias estaduais de gás natural atualmente e a Abiogás e a Abegás se baseiam nele para o grupo de trabalho conjunto atual. 

Agora, as associações Abiogás e Abegás buscam trazer novas projeções não só para o estado do Ceará, mas também para todo o Brasil na luta pela utilização do biometano dentro da cadeia de distribuição e abastecimento de combustíveis nos estados nacionais.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes