A cidade de Macaé e o Comperj na mira de investimentos bilionários da Petrobras

Macaé Rio de Janeiro Comperj Petrobras Investimento

O governador do estado do Rio de Janeiro e o presidente da Petrobras se reuniram hoje(18), anunciando investimentos bilionários na Bacia de Campos e no Comperj

O presidente da Petrobras foi absoluto nesta segunda-feria(18) em reunião com o então governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, sobre a retomada de investimentos em vários segmentos importantes da indústria. Dentre eles estão a injeção de US$ 20 bilhões de reais em campos maduros na  Bacia de Campos ao longo de 5 anos e o resgate definitivo do Comperj, localizado na cidade de Itaboraí, ambos no RJ.

“Recebi o presidente da Petrobras, e me coloquei à disposição para a retomada das obras do Comperj. Ouvi deles novidades muito importantes para a revitalização dos campos maduros lá na área de Macaé e dos investimentos da estatal. São mais empregos, mais renda e um futuro melhor para o nosso estado”, disse Witzel.

Castelo Branco enfatizou que o novo portfólio de serviços da Petrobras levarão Macaé e todo o estado do RJ a um novo e importante passo na economia, por pelo menos nos próximos 5 anos, levando em conta a situação atual.

“A Petrobras investirá no estado do Rio de Janeiro, ao longo dos próximos cinco anos US$ 57, 9 bilhões de dólares, dos quais US$ 20 bilhões serão destinados à revitalização dos campos da Bacia de Campos. Nós acreditamos que o estado terá um significativo impulso em sua economia, graças aos investimentos da indústria do petróleo”, disse Castelo Branco.

O prefeito de Macaé, Dr Aluizio enalteceu o acontecimento:  Quando iniciamos a campanha “Menos Royalties, Mais Empregos”, e “Bacia de Campos,  é preciso investir” tínhamos a certeza que os campos maduros seriam a manutenção das atividades e empregos na cidade e região”( Via Twitter). Assistam o vídeo a seguir:

 

Um passo simples para se trabalhar embarcado mas poucos conhecem...

Um dos mercados mais almejados para profissionais que desejam trabalhar no mar é o offshore, principalmente em navios de cruzeiro, embarcações de apoio e marcantes. As escalas de trabalho são diferenciadas, podendo-se trabalhar apenas 6 meses e folgando mais 6. Assista o vídeo revelador que têm ajudado muitas pessoas no Brasil a ingressar neste mercado aqui.
Posted Under
Sem categoria
Paulo Nogueira

Sobre Paulo Nogueira

Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.