Ultracargo, maior empresa independente de armazenagem de granéis líquidos do Brasil, inicia operações na região Norte do Brasil e reforça a logística portuária brasileira

Flavia Marinho
por
-
04-01-2022 12:17:32
em Indústria Naval, Portos e Estaleiros
ultracargo - granéis líquidos - terminal portuário - PA Operações portuárias Ultracargo




Operações irão contribuir para o desenvolvimento local e reforçam o compromisso da empresa com a evolução da logística portuária brasileira

A Ultracargo, maior empresa independente de armazenagem de granéis líquidos do Brasil, chegou à região Norte do País com a inauguração de um terminal no Porto de Vila do Conde (PA). O movimento irá contribuir para o desenvolvimento local e reforça o compromisso da empresa com a evolução da logística portuária brasileira. Inicialmente previsto para o final de 2022, o início das operações foi antecipado em 1 ano, resultado de planejamento e excelência na execução.

Leia também

De acordo com o Presidente da Ultracargo, Décio Amaral, a chegada ao Pará é importante para ampliar o alcance e a presença da empresa em regiões com potencial de crescimento, como é o caso do chamado Arco Norte, formado pelos sete portos do Norte e do Nordeste. “O Porto de Vila do Conde é uma eficiente ligação da região com outros territórios, além de funcionar como porta de entrada de combustíveis. O novo terminal irá colaborar para o desenvolvimento do setor de armazenagem de granéis líquidos no Pará”, destaca.

Capacidade total de armazenamento da Ultracargo será ampliada para 1 milhão de m³, o que representa mais de 30% do mercado portuário de granéis líquidos no Brasil

Com alto nível de automação, o terminal de Vila do Conde conta com 17 tanques, totalizando 110 mil m³. Com isso, a capacidade total de armazenamento da Ultracargo será ampliada em cerca de 14%, passando de 883 mil m³ para 1 milhão de m³. O número já representa mais de 30% do mercado portuário de granéis líquidos no Brasil, que atualmente conta com a participação de 17 empresas. Juntos, os players respondem por uma capacidade estática de 3,3 milhões de m³.

A infraestrutura do terminal conta com diferenciais que proporcionam flexibilidade e eficiência operacional para os clientes. Entre eles, um píer para movimentação de granéis líquidos, com um calado de 16 metros, preparado para receber navios de grande porte e barcaças, por meio de dois berços separados. Além disso, as operações dos modais marítimo e rodoviário são independentes, o que permite realizá-las de forma simultânea.

Para atender à demanda de armazenagem de combustível, o terminal foi concebido para operar com alto nível de produtividade e eficiência. Além disso, seguindo as premissas de segurança que tornaram a empresa referência no setor, o Terminal contará ainda com sistema de prevenção e combate a incêndios, com barreiras adicionais de segurança acima dos requisitos normativos.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.