Última forma! Samarco pode abrir 4 mil vagas de emprego

SAMARCO MARIANA OBRAS VAGAS 4 MIL EMPREGOS
 

Após o desastre da barragem de Mariana em Minas Gerais, a Samarco voltará operar cerca de 3 usinas a partir de 2019

Quatro mil novos funcionários diretos e indiretos é o que a Samarco vai precisar contratar para alcançar sua plena produção, segundo expectativa do mercado. É esperado que a empresa volte às suas atividades no primeiro trimestre do próximo ano, após conseguir as licenças ambientais necessárias para tocas suas obras. Desses profissionais necessários, segundo Dalla Bernardina, estão: mecânicos, soldadores, caldeireiros, eletricistas e engenheiros variados (ambiental, produção, metalúrgica, entre outros).

Paralisada desde 2015 – quando uma barragem se rompeu na cidade de Mariana, em Minas Gerais, e resultou na morte de 19 pessoas – a Samarco vai voltar a funcionar com 26% de sua capacidade, o que corresponde a uma usina de concentração em Minas Gerais e outra de pelotização no Espírito Santo. Para isso, já conta com o quadro funcional necessário: 1.135 trabalhadores diretos, segundo assessoria.

Porém, a utilização das outras três usinas do complexo capixaba vai ocorrer de forma gradativa. Justamente nessas fases que há expectativa de contratação. Segundo o presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas e de Material Elétrico do Espírito Santo (Sindifer), Lúcio Dalla Bernardina, a retomada vai, sim, ocorrer em etapas. “Será uma contratação lenta e gradativa. Na operação plena com as quatro usinas funcionando, o número de contratação pode chegar a quatro mil dentre diretos e indiretos, em dois anos”, explicou. Deixem seu currículos na Samarco no endereço http://www.vagas.com.br/samarco1. Fonte: Tribuna Online, Terra, Folha Vitória

Como se qualificar para trabalhar em qualquer área

Hoje em dia, não basta apenas que vocês sejam apenas bons profissionais, vocês devem ter qualificação e formação na sua área de atuação. Vamos indicar à vocês duas Instituições de Ensino totalmente reconhecidas pelas empresas, que irão lhes preparar preparar para o mercado que exige nível profissionalizante ou Técnico.

The following two tabs change content below.
Paulo Nogueira
Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, já atuei em empresas do ramo de energia, óleo e gás como técnico de operações, Pressure Downrole Gauge Operator e em plataformas de completação do Brasil e exterior