Transferência de Pasadena da Petrobras para a Chevron foi interrompida nesta segunda 01-04

Processo de transferência da refinaria é paralisado

Fontes em Houston informam que a Chevron não assumiu a refinaria na segunda-feira (01/04) como se esperava e transferência com a Petrobras foi interrompida

A tão sonhada transferência da Pasadena Refining System Inc, a PRSI, da Petrobras para a Chevron, foi interrompida na última segunda-feira (01/04).
Um dia antes, unidades na área da refinaria em Houston foram fechadas e esperava-se que a Chevron assumisse o controle, o que não aconteceu.

O que se notou de diferente na refinaria, foi que as bandeiras do Brasil e da Petrobras foram retiradas dos mastros em frente a refinaria de Pasadena, posição que ocupavam desde 2012 quando a estatal adquiriu a unidade.
Outro detalhe que foi percebido também foi que uma placa da Petrobras em frente a Pasadena Refining System Inc (PRSI) foi coberta.

O que dizem as envolvidas

O porta-voz da Chevron, Braden Reddall, disse nesta terça-feira (02/04) que a empresa espera que o processo de transição da PSRI seja concluído até junho.
A Petrobras ainda não se pronunciou sobre o episódio, embora haja indícios de que esteja deixando o local.

No domingo, a refinaria deu conhecimento à Comissão do Texas sobre Qualidade Ambiental (TCEQ, na sigla em inglês) de que o precipitador eletrostático (ESP) e unidade de craqueamento catalítico (FCCU) da refinaria foram fechados para manutenção.
A unidade de destilação de 100 mil bpd da refinaria e um reformador catalítico de 23 mil bpd também foram fechados no domingo, segundo o serviço de inteligência da indústria de energia Genscape.

Relembrando o caso

A refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, foi alvo da lava jato que apontou indícios de corrupção em sua aquisição pela Petrobras.
A estatal brasileira pagou, de forma parcelada, um total de 1,2 bilhão de dólares pela unidade até o momento em que assumiu totalmente seu controle em 2012.

A Chevron vê a aquisição da refinaria como uma ótima oportunidade, pois pretende processar o petróleo que a empresa produz no Texas. Será a segunda refinaria da Costa do Golfo de propriedade da petroleira.

No final de janeiro a Chevron concluiu a compra da refinaria á Petrobras por US $ 562 milhões e a prova da importância da PSRI para a Chevron é o fato dela estar adquirindo um terminal e terrenos ao redor da refinaria, além de uma empresa comercial pertencente à PRSI.

Você viu que o Brasil pode dobrar suas reservas de petróleo se estudos geológicos se confirmarem e que o governo já estuda oferecer blocos além da fronteira nas próximas licitações ? Acesse aqui e fique informado !

Sobre Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)