Scania vende caminhões movidos a gás para a TransMaroni, que possui a maior frota deste modelo, alternativo ao diesel

Roberta Souza
por
-
17-06-2021 18:25:08
em Logística e Transporte
Scania – gás – caminhões Caminhão da Scania/ Fonte: Mecânica Online

Com a compra de 39 caminhões a gás da Scania, a TrasnMaroni passa a ter a maior frota de caminhões do tipo em todo o Brasil

A Scania acaba de anunciar a venda de 39 caminhões a gás para a TransMaroni. A TransMaroni chega a 50 caminhões movidos a gás (natural e/ou biometano) da Scania e entra para a história do transporte nacional com a maior frota já adquirida desta solução alternativa ao diesel. Com o negócio, a Scania chega a marca de 150 caminhões a gás vendidos no Brasil. Veja ainda: Scania, que produz caminhões com motores a gás em sua fábrica em SP, mira “pré-sal caipira” e fecha parceria com a Congás para acelerar uso de gás natural e biometano em frota pesada

Investimentos da transportadora em caminhões a gás

A transportadora inicia um novo posicionamento, que traz a sustentabilidade como prioridade, concluindo um ciclo de investimento na ordem de R$ 50 milhões em várias ações neste campo e não apenas relativo a esta compra. A Scania, que lidera a transição para um sistema de transporte mais sustentável, atinge a marca de 150 caminhões com esta tecnologia desde o início das vendas, em outubro de 2019. 

A TransMaroni adquiriu as primeiras 11 unidades da Scania em outubro de 2020. Com o desempenho do produto e a visibilidade gerada por novos negócios, a empresa resolveu comprar outros lotes menores, somando mais 39 unidades encomendadas. No total, a empresa chegou ao histórico volume de 50 caminhões a gás.

A maior parte dos caminhões a gás, que a transportadora comprou da Scania, já havia entrado na programação de produção de 2021 e as unidades mais recentes estão tendo o prazo de entrega negociado. Os caminhões da marca Scania serão usados nos segmentos alimentício, varejo, higiene e limpeza, cosméticos e e-commerce em diversos estados brasileiros.

Qualidade nos caminhões da Scania

Os inéditos caminhões pesados Scania movidos a gás (natural e/ou biometano) são vocacionados para médias e longas distâncias. Seus motores são Ciclo Otto (o mesmo conceito dos automóveis) e movidos 100% a gás natural e/ou biometano, ou mistura de ambos. Os motores não são convertidos do diesel para o gás, possui garantia de fábrica, tecnologia confiável e segura, com desempenho consistente e força semelhante ao caminhão a diesel. Além disso, são mais silenciosos.

Os cilindros e válvulas são certificados pelo Inmetro (em conformidade com a lei). São três válvulas (vazão, pressão e temperatura) que liberam o gás em caso de anomalia em um destes três quesitos, e os cilindros são extremamente robustos (o material é de ogivas de mísseis). Em caso de incêndio ou batida, o gás do caminhão da Scania é liberado para a atmosfera e se dissolve sem perigo de explosão, ao contrário de um veículo similar abastecido a diesel (mais perigoso), pois o líquido fica no chão ou em cima do caminhão.

Veja ainda: Gerdau recebeu um caminhão movido a gás da Scania, para atuar nas operações de mineração, em Minas Gerais

A Gerdau, maior empresa Brasileira produtora de aço e uma das principais fornecedoras de aços longos e aços especiais, recebeu, da Scania, um caminhão movido à gás. Este é o primeiro caminhão movido a gás natural da história da mineração brasileira, que será utilizado na operação da mina de Várzea do Lopes, em Itabirito, no Estado de Minas Gerais.

Desde outubro de 2019, a Scania, empresa sueca fabricante de Caminhões, Ônibus, e Motores a Diesel, vendeu 70 caminhões a gás para diversos setores, como cosméticos e alimentos. O caminhão recebido pela Gerdau será operado pela Fagundes Construção e Mineração S.A.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos