SBM Offshore assina contrato de fornecimento de FPSO de longo prazo com a ExxonMobil

SBM Offshore FPSO Exxon Mobil contrato

Bruno Chabas, CEO da SBM Offshore diz está muito satisfeito com estes contratos de fornecimento Global com à americana para futuros projetos de FPSO

A SBM Offshore e a ExxonMobil assinaram um Contrato de Longo Prazo que cobre possíveis pedidos futuros de FPSO. Este contrato não é exclusivo e estabelece a estrutura legal geral e termos específicos em relação ao trabalho de engenharia, suprimento, construção e instalação em relação a possíveis contratos futuros relacionados a FPSOs arrendados, que inclui projetos de Construir Operar e Transferir que geralmente cobrem um contrato de arrendamento curto prazo.

Outras noticias da SBM Offshore

O relacionamento entre a SBM Offshore e a ExxonMobil está bem estabelecido e remonta a mais de quatro décadas, começando na década de 1970. Durante esse período, a SBM Offshore forneceu mais de dez sistemas flutuantes à ExxonMobil em cinco países, incluindo cinco FPSOs, sistemas de descarga em águas profundas e um FOE. Além disso, vários projetos importantes estão atualmente em vários estágios de progresso.

Bruno Chabas, CEO da SBM Offshore, comentou:

“Estamos muito satisfeitos com o contrato de fornecimento de FPSO de longo prazo com a ExxonMobil. Este acordo é uma continuação de nossa longa história de trabalho em equipe bem-sucedido entre nossas empresas, fortalecendo ainda mais nossa cooperação a longo prazo. ”

Séverine Baudic, diretora-gerente de soluções de produção flutuante da SBM Offshore, comentou:
“Este contrato visa estender nosso relacionamento comercial construtivo com a ExxonMobil, criado através da entrega de uma série de grandes projetos offshore juntos. Esperamos continuar trabalhando juntos no futuro e expandindo nosso histórico de execução confiável em projetos em águas profundas. ”

Fonte: Assessoria de Imprensa da SBM Offshore

Posted Under
Sem categoria
Paulo Nogueira

About Paulo Nogueira

Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.