Início Santander disponibiliza 1.500 bolsas no valor de R$ 4 mil em todo o Brasil para auxiliar estudantes em vulnerabilidade social no pagamento de dívidas com a faculdade

Santander disponibiliza 1.500 bolsas no valor de R$ 4 mil em todo o Brasil para auxiliar estudantes em vulnerabilidade social no pagamento de dívidas com a faculdade

18 de junho de 2022 às 22:26
Compartilhe
Siga-nos no Google News
bolsa, santander, universidade
Imagem de Kobe / Fonte: Pexels

Inscrições para o programa de bolsas do Santander vão até 14/09; os critérios para a escolha dos candidatos são definidos pelas universidades

Estão abertas, desde a última quarta-feira (dia 15), as inscrições para o programa Santander Superamos Juntos 2022, promovido pelo Santander Universidades, que consiste na frente educacional do banco Santander. O objetivo do projeto é, segundo o banco, contribuir através de bolsas para que indivíduos que passam por alguma dificuldade financeira possam permanecer na universidade.

O programa espera disponibilizar bolsas a 1,5 mil estudantes de todo o país, sendo, dessa forma, um auxílio financeiro a fim de que os alunos atingidos possam se manter em uma faculdade privada.

Artigos recomendados

O valor total da bolsa é de R$ 4 mil e auxilia o estudante de duas maneiras: cada participante receberá uma ajuda de custo de R$ 300, que pode ser útil a qualquer necessidade do aluno, como a compra de livros e utensílios a serem utilizados na faculdade ou o pagamento de um pacote de internet, ferramenta essencial para que os sujeitos tenham pleno acesso aos meios de informação.

O restante da quantia, equivalente a R$ 3,7 mil, será pago à universidade em que o aluno está matriculado como crédito para quitar mensalidades ou possíveis dívidas acumuladas pelos participantes.

As 1,5 mil bolsas disponíveis serão oferecidas individualmente a estudantes de 226 universidades privadas em todos os estados brasileiros e também no Distrito Federal.

No site do Santander Universidades, é possível acessar a lista das universidades associadas ao programa. Ademais, o período de duração do projeto será posteriormente definido pela universidade parceira.

Santander objetiva a diminuição da evasão do ensino superior privado, que já atinge a marca de 36,6%, segundo o superintendente Nicolás Vergara

O superintendente executivo do Santander Universidades, Nicolás Vergara, analisa que, em um momento no qual a evasão do ensino superior privado atinge a marca de 36,6%, o programa pretende se tornar um alicerce para os alunos em situação de vulnerabilidade social. De acordo com ele, a empresa entende que, em um período tão particular, tanto os estudantes quanto as universidades necessitam de apoio.

Conforme o executivo, o Santander Universidades quer fazer com que os estudantes não precisem recorrer ao abandono da universidade, de modo a tentar combater a evasão e engajar o universitário a permanecer e progredir em sua carreira.

Em sua fala, Vergara faz referência ao dado do Semesp, organização que representa as universidades privadas no Brasil, que apontou que, nos anos de 2021 e 2020, houve o maior índice de evasão escolar no ensino superior privado já registrado desde o começo da série histórica.

Como realizar as inscrições para o programa Santander Superamos Juntos 2022?

Os candidatos interessados em receber as bolsas devem acessar o site oficial do programa e se inscrever até o dia 14 de setembro. Pelo site, também é possível visualizar a lista das faculdades participantes.

Entre as faculdades alinhadas ao programa, estão a Anhanguera, a FACAMP, a UNIP e o Centro Universitário Barão de Mauá, por exemplo. A escolha dos contemplados com a bolsa será realizada mediante edital divulgado pelas próprias universidades e, de acordo com as informações do programa, levará em consideração a excelência acadêmica dos estudantes e a situação de vulnerabilidade social enfrentada pelo candidato.

A avaliação das candidaturas será feita dos dias 14 de setembro a 4 de outubro, enquanto a seleção dos candidatos será realizada também no dia 4 de outubro.

Relacionados
Mais recentes