Refinaria da Hydro no estado do Pará, a Alunorte receberá mais de R$ 1 BILHÃO para substituir uso de óleo combustível por gás natural

Roberta Souza
por
-
29-04-2021 08:58:59
em Economia, Negócios e Política
Refinaria – Pará - gás natural – combustível Refinaria de alumina Alunorte, em Barcarena (PA)/ Fonte: Jeso Carneiro

A refinaria da Hydro em Barcarena, no Pará, terá investimento de R$ 1,1 bilhão destinado à substituição do combustível pelo gás natural

A Hydro assinou no dia 15 de abril (quinta-feira) um memorando de entendimento para que sua refinaria de alumina, localizada em Barcarena, no estado do Pará, substitua o uso de óleo combustível pelo de gás natural. Os investimentos da empresa norueguesa de alumínio serão de R$ 1,1 bilhão e essa troca faz parte do plano de estratégia climática e de redução das emissões de carbono que a Hydro faz parte.

Substituição de óleo combustível por gás natural na refinaria Alunorte, no estado do Pará

O fornecimento de gás natural liquefeito para Barcarena, Pará, será realizado pela NFE – New Fortress Energy – e está previsto para começar em 2022. A empresa de alumínio vai se adaptar ao processo de calcinação e parte da produção de vapor da refinaria será usada na troca do óleo combustível pelo gás natural como energia.

O projeto faz parte da estratégia climática da empresa e de seu compromisso global de reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 30% até 2030 e, com a substituição do óleo combustível pelo uso de gás natural, cerca de 600.000 toneladas de CO2 serão reduzidas na refinaria em Barcarena, no Pará.

De acordo com o memorando de entendimento assinado no dia 15/04, a NFE deverá entregar a quantidade mínima de gás natural acordada para a refinaria todos os anos pelo período de 15 anos. O gás natural virá da estação de regaseificação de GNL, que fica próxima à Alunorte, em Barcarena, no Pará.

O uso do gás natural pela refinaria

A refinaria se tornará um importante consumidor de gás natural no estado do Pará, portanto será o motor da instalação de GNL no estado. O fornecimento de gás natural é muito importante para o desenvolvimento industrial da região, que permitirá a utilização do GNL em substituição ao combustível, evitando assim a emissão de grande quantidade de dióxido de carbono, sendo o GNL menos impactante ao meio ambiente.

John Thuestad, vice-presidente executivo da área de negócios de Bauxita e Alumina da Hydro, disse que estão comprometidos em impulsionar a sustentabilidade, melhorando as práticas utilizadas nas indústrias para reduzir os impactos no meio ambiente. Segundo ele, a Hydro está impulsionando e apoiando o uso de gás natural no estado do Pará.

Três caldeiras da Hydro podem passar por mudanças

A Hydro ainda irá realizar outra substituição: irá instalar três caldeiras elétricas que estarão substituindo o carvão na refinaria em Barcarena, no estado do Pará. A instalação piloto desse projeto está prevista para ser realizada ainda este ano e tal mudança deve reduzir 400.000 toneladas de emissões de CO2 na refinaria.

A Refinaria de alumina no estado do Pará: A Refinaria Alunorte é a maior refinaria de alumina do mundo estando fora da China e está localizada na cidade de Barcarena, no estado do Pará. Na produção, a alumina é a matéria-prima do alumínio e é produzida a partir da bauxita, através do processo denominado Bayer. A bauxita utilizada na Refinaria Alunorte vem da Mineração Paragominas, através de um mineroduto, e da Mineração Rio do Norte, através do porto de Vila do Conde. Parte da alumina produzida pela refinaria no estado é exportada e a outra parte é fornecida à planta da Albras, também localizada em Barcarena, no qual produz lingotes de alumínio.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos