Privatização da Compagas no Paraná pode baratear gás natural

Valdemar Medeiros
por
-
07-04-2021 17:59:59
em Petróleo, Óleo e Gás
Compagas - privatização - Gás de cozinha - Paraná Distribuidora de gás natural Paraná – Fonte: Compagas


A Compagas está finalizando seu ciclo de Privatização, e irá expandir mais ainda, fazendo com que os preços do gás natural diminuam no Paraná

A Compagas está se preparando para um processo de privatização, enquanto trilha a etapa final de um ciclo vitorioso de concessão da distribuição de gás natural no Paraná. A Compagas, tem em 2021 um ano decisivo para sua história e para a nova era da participação do gás natural na matriz energética do Paraná. A empresa do Paraná expandiu a rede de gás natural cerca de 842 Km, garantindo a atração de investimentos ao Paraná, bem como competitividade aos produtos que contaram com esse tipo de energia mais barata e sustentável.

Leia as ultimas noticias do dia

Compagas e o seu fim de ciclo no Paraná

Segundo Rafael Lamastra Jr, CEO da Compagas, a empresa está finalizando um ciclo de privatização e o Governo sinaliza com a renovação da concessão, conforme está previsto na lei. Como forma de apoiar e estimular o desenvolvimento das indústrias em outras regiões, nesse novo arranjo é visto como inevitável que uma das metas a serem estabelecidas seja a interiorização da rede de gás natural

A rede da empresa, que está em privatização, chega até Castro e tem testemunhado a importância estratégia que a disponibilidade do gás natural está desempenhando no crescimento das indústrias, por exemplo, as de Ponta Grossa. Sendo assim, faz todo sentido, em um plano estratégico do governo, estender a rede de gás natural da Compagas cada vez mais para o interior do Estado.

Metas da empresa após a privatização

Para este ano, a companhia tem planos de investimento de R$ 18,7 milhões e, até 2024, os recursos podem chegar a R$ 47,5 milhões que serão aplicados na ampliação da rede de distribuição de gás canalizado, diversificando o atendimento em sua área de atuação nos segmentos residencial, comercial, industrial e veicular.

Nesse mesmo período, a empresa pretende expandir a rede de distribuição em 3,5%. E mais ainda, ela vem atuando estrategicamente para elevar a base de clientes e alcançar a marca de 58 mil consumidores no estado até 2024.

Sobre a Compagas

Empresa de economia mista, tem como acionista majoritária a Companhia Paranaense de Energia – Copel, com 51% das ações, a Gaspetro, com 24,5% e a Mitsui Gás e Energia do Brasil, com 24,5%. Em março de 2000, a empresa passou a ser a primeira distribuidora do Sul do país a fornecer o gás natural canalizado aos seus clientes, com a inauguração do ramal sul do gasoduto Bolívia – Brasil (Gasbol).

Atualmente, a Compagas conta com mais de 48 mil clientes dos segmentos residencial, comercial, industrial, veicular e geração de energia elétrica e está presente em 16 municípios: Araucária, Curitiba, Campo Largo, Balsa Nova, Palmeira, Ponta Grossa, São José dos Pinhais, Colombo, Quatro Barras, Fazenda Rio Grande, Pinhais, Campina Grande do Sul, Paranaguá, Carambeí, Castro e Arapoti.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.