A primeira usina de dessalinização de grande porte será construída no Brasil

Obras em Usina de Dessanilização ArcelorMittal
 

A ArcelorMittal vai utilizar tecnologia de dessalinização usada em Israel para captação de água para abastecimento de sua siderúrgica no Espirito Santo, sinalizando obras e empregos.

A ArcelorMittal SA (MT.AS), a maior siderúrgica do mundo, deve construir sua primeira unidade de dessalinização no Brasil para atender a necessidades imprevistas de água em sua fábrica no leste do Espírito Santo, disseram executivos sêniores em uma entrevista na sexta-feira. A unidade visa reduzir a dependência da empresa em relação à empresa estatal de abastecimento de água Cesan e evitar cortes de produção em épocas de crise hídrica, como o estado sofreu em 2015 e 2016, disse Jorge Ribeiro, presidente de Operações da Divisão Brasileira de Aços Planos da ArcelorMittal.

Embora a usina seja a primeira da ArcelorMittal, as instalações de dessalinização já se tornaram instalações em algumas siderúrgicas rivais e em várias operações de mineração, que tendem a ser intensivas em água.

A empresa está na fase final de escolher uma empresa para construir a fábrica, disse Ribeiro, acrescentando que a decisão provavelmente será tomada no próximo mês, com empresas da Índia, dos Estados Unidos e da Espanha entre as interessadas.

O investimento previsto é de cerca de 50 milhões de reais (US $ 13,32 milhões) e o projeto deve começar a operar em dois anos, disse ele.

Em um módulo inicial, a usina será capaz de dessalinizar 500 metros cúbicos (132.100 galões) de água do mar por hora.

“É um processo modular, mais módulos podem ser adicionados no futuro”, disse Ribeiro.

O presidente-executivo da ArcelorMittal Brasil, Benjamin Baptista Filho, observou que durante a crise hídrica de 2015 no Espírito Santo, a empresa recebeu uma declaração do governo do estado para reduzir o consumo da Cesan em 30%.

“O que estamos fazendo é seguro, porque se houver outro evento de racionamento, podemos responder … Se houver outro racionamento, sem a dessalinização, teríamos que interromper parte da produção”, afirmou Filho.

Segundo Filho, a usina de dessalinização será a primeira no Brasil a operar exclusivamente com água do mar. A usina usará tecnologia de osmose reversa e consumirá eletricidade produzida pela própria usina siderúrgica.

Paulo Nogueira

Sobre Paulo Nogueira

Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, já atuei em empresas do ramo de energia, óleo e gás como técnico de operações, Pressure Downrole Gauge Operator e em plataformas de completação do Brasil e exterior