Porto do Açu bate recorde de movimentação de petróleo em 2019

Porto do Açu

Açu Petróleo registra recorde de movimentação em seu terminal no Porto do Açu operando para as principais petroleiras atuando no Brasil

As operações no Porto do Açu não param de crescer e a Açu Petróleo, parceria do Grupo Prumo com a alemã Oiltanking, acaba de registrar, em 2019, recorde de movimentação em seu terminal no Porto de São João da Barra, no Rio de Janeiro.
Operando para as principais petroleiras atuando no Brasil, a Açu Petróleo, já movimentou este ano mais de 53 milhões de barris, ou seja, 13 milhões a mais que o total registrado em 2018, que foi de 40 milhões de barris.Vale lembrar que a Petrogal renovou contrato e vai operar no Porto do Açu até 2023.

O Fato de operar com todas as exportadoras e a renovação do contrato com a Petrogal vai ajudar a empresa findar o ano com números ainda maiores.
Segundo Victor Snabaitis Bomfim, CEO da Açu Petróleo, “Temos um terminal eficiente e moderno, que possibilita uma operação segura, rápida e com menor custo global para os nossos clientes. E, cada vez mais, percebemos que estes diferenciais são essenciais na tomada de decisão das petroleiras”.

A Açu Petróleo estima alcançar 65 milhões de barris de petróleo movimentados até o final de 2019 e além da renovação de contrato da petroleira portuguesa Petrogal, teve também a espanhola Repsol movimentando cerca de 1 milhão de barris produzidos no Campos de Sapinhoá (Bacia de Santos).

O terminal

De localização privilegiada, o Terminal da Açu Petróleo tem calado de 25 metros de profundidade e capacidade licenciada para movimentar até 1,2 milhão de barris de petróleo/dia, o que lhe confere ser o único terminal privado do país capaz de operar com os maiores navios do mundo,  da classe VLCC (Very Large Crude Carrier).

A capacidade licenciada do Terminal da Açu Petróleo é para movimentar até 1,2 milhão de barris de petróleo/dia, mas a empresa quer expandir sua rede de gasodutos e parque de tancagem para atender a demanda nas exportações de petróleo, que pode chegar a quase 3 milhões de barris por dia.

Leia também ! 60 plataformas de petróleo serão instaladas no offshore brasileiro com os novos leilões !

Curso de Salvatagem + HUET

Renato Oliveira

About Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)