Home > Sem categoria

Petrobras vai usar o bônus da cessão onerosa para comprar outros poços no mesmo leilão

Renato Oliveira
por
-
25-10-2019 19:49:59
em Sem categoria
Petrobras Petrobras vai gastar bônus no próprio leilão




Dinheiro que Petrobras arrecadar de bônus de assinatura será usado em investimentos em novos campos de petróleo do próprio leilão

A Petrobras vai usar os R$ 34,6 bilhões de bônus da cessão onerosa no próprio leilão que a acontecerá no dia 06 de novembro. O montante será arrecadado quando as vencedoras pagarem os bônus pela aquisição dos campos leiloados.
Quatorze empresas se inscreveram para participar do leilão dos excedentes da cessão onerosa, são elas: BP, Chevron, CNOOC, CNODC, Ecopetrol, Equinor, ExxonMobil, Petrogal, Petrobras, Petronas, QPI, Shell, Total e Wintershall DEA.

A Petrobras tem direito a receber R$ 34,6 bilhões devido a revisão no contrato da cessão onerosa, referentes a ressarcimento de investimentos feitos nos campos.
Como os campos demonstraram ter mais petróleo que o contratado entre Petrobras e união, o excedente está sendo leiloado mas a estatal receberá sua parte em forma de bônus pagos pelas petroleiras.

A diretora Executiva de Finanças e Relacionamento com Investidores da companhia, Andrea Almeida, declarou hoje (25/10) que a Petrobras investirá, todo o montante a que tem direito, em novos campos exploratórios.
“A ideia é que os R$ 34 bilhões que a gente vai receber referentes ao aditivo sejam usados, sim, no leilão [da própria cessão onerosa]. Nós temos outros recursos, provenientes dos desinvestimentos e da própria geração de caixa, que a gente está usando no abatimento da dívida”, disse a executiva.

O acordo que definiu o valor a ser recebido pela Petrobras e a revisão do contrato foram aprovados pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e o pagamento do bônus passou pela aprovação do Congresso.

Relembre o caso

A Petrobras pagou R$ 74,8 bilhões á União pelo direito de explorar 5 bilhões de barris de petróleo na Bacia de Santos, em 2010.
Mais tarde o governo federal constatou que os campos podem render mais 6 bilhões a 15 bilhões de barris, esse excedente é que está sendo leiloado no dia 06 de novembro.

O megaleilão da cessão onerosa, como ficou conhecido, seguirá o modelo de partilha da produção e vai licitar as áreas de Atapu, Búzios, Itapu e Sépia.
A Petrobras vai fazer oferta por dois dos campos, Búzios e Itapu, e mesmo que não vença o leilão ela será a operadora destes blocos com participação mínima de 30%.

As vencedoras terão que pagar um bônus de assinatura fixo e vence quem ofertar o maior percentual de óleo excedente, após o desconto dos custos da exploração e investimentos.

Leia também ! FPSO Mero 2 tem primeiro óleo adiado pela Petrobras !

Tags:
Renato Oliveira
Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki) inspecionando e acompanhando técnicas de fabricação e montagem de estruturas/tubulações/outfittings(acabamento avançado) para casco de Drillships.