Petrobras pode receber crédito de US $ 14 bilhões para transferência de direitos

petrobras castello branco pre-sal
 

Potencial acordo com governo federal pode liberar rodada do pré-sal apresentando volumes excedentes

A  Petrobras admitiu que pode receber um crédito de aproximadamente US $ 14 bilhões sob uma revisão há muito esperada do acordo de transferência de direitos que cobre seis campos na província do pré-sal da Bacia de Santos. Em comunicado divulgado na terça-feira, a Petrobras afirmou que o crédito de 14 bilhões de dólares é um dos muitos cenários analisados ​​pelo tribunal federal de auditoria do país, o TCU, após um longo processo de negociação entre o governo federal e a petrolífera.

A agência de notícias local Valor PRO havia antecipado as informações na segunda-feira à tarde, levando a uma alta no preço das ações da Petrobras.

Depois de aumentar mais de 3% na segunda-feira, as ações subiram quase 1% no início do pregão na bolsa de valores brasileira na terça-feira.

O novo ministro de Minas e Energia do Brasil, Bento Albuquerque, disse na semana passada que o governo estava esperançoso em alcançar um entendimento sobre a transferência de direitos nos próximos 100 dias.

Uma conclusão potencial sobre o valor a ser pago à Petrobras, que ainda está pendente da análise do TCU e da aprovação do Conselho Nacional de Política Energética, bem como dos diretores e supervisores da Petrobras, pode finalmente destravar a cobertura do pré-sal, volumes excedentes na área de transferência de direitos.

O leilão, que pode arrecadar até 100 bilhões de reais (US $ 26,9 bilhões) para o governo apenas com bônus de assinatura, oferecerá excedentes em áreas que foram transferidas para a Petrobras em setembro de 2010, sob um intrincado mecanismo de petróleo por ações que proporcionou alavancagem para o governo aumentar sua participação na estatal.

Próximos ativos que entrarão em produção a partir de agora

Em troca, a Petrobras, agora chefiada pelo diretor-presidente Roberto Castello Branco, ganhou o direito de produzir 5 bilhões de barris de óleo equivalente dos campos do pré-sal de Búzios, Atapu, Sépia, Itapu, Sul de Lula e Sul de Sapinhoa.

No entanto, esses campos detêm muito mais do que esse valor em reservas recuperáveis e os volumes excedentes seriam oferecidos aos investidores em um mega leilão planejado para este ano.

Estudos separados publicados pelas consultorias Gaffney Cline & Associates e DeGolyer & MacNaughton indicam que os seis campos detêm entre 9,8 bilhões e 15,2 bilhões de boe além dos 5 bilhões de boe floor iniciais concedidos à Petrobras.

Sobre Paulo Nogueira

Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, já atuei em empresas do ramo de energia, óleo e gás em operações de completação, perfuração e produção em empresas em parceria com grandes empresas multinacionais do setor.