Petrobras deverá divulgar proposta comercial para serviços de MPD

Petrobras abrirá propostas comerciais para prestação de serviços de MPD

Novo contrato para serviços de Managed Pressure Drilling será aberto pela Petrobras no próximo dia 05 e deve estimular fornecedores

Para atender demanda de serviços de Gerenciamento de Pressões de Poços na Superfície (Managed Pressure Drilling – MPD), a Petrobras abre no próximo dia 05/12 propostas comerciais para prestação de serviços relacionados ao desenvolvimento dessa técnica. O período do contrato será de 540 dias, com prazo de mobilização de 120 dias. Veja também que a 17ª Rodada de Licitações de Campos Offshore é autorizada pelo Governo.

Atualmente, a estatal tem pelo menos dois contratos envolvendo atividades de MPD que estão em vigor. Um para desvio de fluxo no riser com a Weatherford, no valor de US$ 82 milhões e término em maio de 2020, e outro com a Halliburton, no valor de R$ 35 milhões e término em fevereiro de 2020.

A Petrobras explica no edital que durante a operação de perfuração de regiões com espessas camadas de sal, em intervalos com problemas HPHT (isto é, alta pressão e temperatura) ou de longos trechos horizontais, geralmente ocorre um aumento da pressão no fundo do poço, o que pode ocasionar problemas operacionais e, consequentemente, tempos não produtivos.

Por isso, a indústria tem focado no desenvolvimento de técnicas de Managed Pressure Drilling, as quais se propõe a realizar o gerenciamento das pressões no fundo do poço, tendo como objetivo reduzir o número de paradas devido aos problemas de poço e diminuir consideravelmente o tempo não produtivo.

Veja mais

Kelly Angelim

About Kelly Angelim

Engenheira de Petróleo especialista em Eficiência Energética e pós-graduada em Engenharia Civil. Possui experiência em atividades da indústria petrolífera onshore, além de vivência em áreas técnico-administrativas e de pesquisa científica.