Petrobras deve demitir 100 funcionários com a perda do píer no porto de tubarão no ES

Valdemar Medeiros
por
-
19-10-2020 11:01:31
em Indústria Naval, Portos e Estaleiros
Petrobras - porto de tubarão - ES Porto de tubarão no ES

Vale pediu a mudança e com isso, Petrobras vai deixar de fornecer combustível para navios que atracam em portos do ES  

Novamente a Petrobras irá perder o píer de barcaças no Porto de Tubarão situado em vitória no ES. Até o presente momento o terminal portuário era utilizado para o reabastecimento de navios, cerca de 100 funcionários serão demitidos após a perca do píer no porto de tubarão.

Leia também  

Mineradora Vale ale questões operacionais como resposta a as demissões da Petrobras   

A Mineradora Vale é a principal responsável pelo píer no porto de tubarão desde o ano de 1996, a mineradora afirmou que já havia notificado a petroleira no ano anterior, mas a mesma não buscou alternativas nesse período de tempo que passou.  

O diretor do sindicato da região disse que lamentava muito a situação, principalmente devido a atual crise na qual estamos passando.  

“Sem sombra de duvidas é terrível que 100 colaboradores tenham que ser demitidos e que mais uma vez os navios que antes ficavam atracados aqui no porto de tubarão agora tenham que ir abastecer no Rio de Janeiro, isso acarretará em um prejuízo de 45 milhões para p Estado)”.

Sobre o Porto de Tubarão

O Porto de Tubarão é um porto brasileiro localizado na ponta do mesmo nome, na parte continental do município de Vitória, capital do Espírito Santo. É um terminal graneleiro do Porto de Vitória. Inaugurado em 1966, é controlado pela Vale S.A. É o segundo maior porto de exportação de minério de ferro do Brasil e permite o acesso de navios Graneleiros de grande porte (Very-Large Ore Carriers (VLOC), Ultra-Large Ore Carriers (ULOC), e Ore Oil (O/O)).  

A construção do Porto de Tubarão foi iniciada em 1962 pela (então empresa de economia mista) – Vale do Rio Doce, no ano em que foram assinados os primeiros contratos de longo prazo para fornecimento de minério de ferro para o Japão e a Alemanha, e sua construção foi totalmente paga com recursos do Tesouro Nacional.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.