Obras da segunda planta da Usina de etanol de milho da Inpasa Bioenergia vai gerar 2 mil vagas de emprego no MT

Flavia Marinho
por
-
23-04-2020 14:29:36
em Usina e Agronegócio
Obras da segunda planta da Usina de etanol de milho da Inpasa Bioenergia vai gerar 2 mil vagas de emprego diretos e indiretos no MT Obras da segunda planta da Usina de etanol de milho da Inpasa Bioenergia vai gerar 2 mil vagas de emprego diretos e indiretos no MT

2 mil vagas de emprego podem ser gerados com as obras da segunda planta da Usina de produção de etanol de milho da Inpasa Bioenergia, em Mato Grosso (e no Brasil), que deverá entrar em operação ainda este ano. Coronavírus: refinarias da Petrobras operam com 60 por cento de capacidade.

Leia também

A previsão feita pela companhia é que a indústria que está sendo instalada em Nova Mutum – MT comece a funcionar em agosto. As obras começaram em abril do ano passado.

Nesta semana e Inpasa Bioenergia publicou, um balanço financeiro referente à planta de Nova Mutum. De acordo com o documento a obra deve gerar até 2 mil vagas de emprego diretos e indiretos.

Quando estiver em operação a Usina terá capacidade para produzir de 900 mil a 1 milhão de litros de álcool por dia. A moagem de milho será de até 2,3 mil toneladas por dia, podendo chegar a 800 mil toneladas por ano.

Além do etanol anidro e hidratado, a usina de Nova Mutum também fabricará farelo de milho DDGS1 e óleo de milho bruto.

A unidade também produzirá a própria energia elétrica, consumindo cerca de 50% dos 30MW previstos e comercializando o excedente. O milho para matéria-prima será comprado de produtores de Nova mutum e também dos municípios circunvizinhos da região Norte do Estado de MT.

No relatório feito pela empresa o novo coronavírus pode causar impactos no cronograma. “Considerando a situação atual da disseminação do surto, entendemos que a nossa projeção de receitas e dos fluxos de caixa operacionais para o ano de 2020 poderá ser revisada. Considerando a imprevisibilidade da evolução do surto e dos seus impactos, não é atualmente praticável fazer uma estimativa do efeito financeiro do surto nas receitas e fluxos de caixa operacionais estimados”.

A Inpasa também opera com uma usina em Sinop, onde trabalha para ampliar a capacidade instalada para produção de até 2,5 milhões de litros de etanol por dia.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.
fwefwefwefwefwe