Novo dispositivo movido a energia solar é capaz de gerar água potável para mais de 1 bilhão de pessoas

Valdemar Medeiros
por
-
03-11-2021 12:38:35
em Energia Renovável, Energia Solar
energia solar - energia renovável - água potável - Dispositivo pode acabar com a crise de agua em países mais pobres – crédito: moonshot factory

Buscando reduzir a escassez de água potável para 1 bilhão de pessoas através da energia renovável, pesquisadores da Alphabet desenvolveram um dispositivo movido a energia solar que produz 5L de água

Atualmente, a estimativa é que pelo menos 2,2 bilhões de pessoas do mundo não possuem acesso à água potável, e os cientistas preveem que esse número seja ainda maior à medida que o aumento do nível do mar impacte sobre os corpos de água doce. Em uma tentativa de resolver ou amenizar a situação, cientistas da moonshot factory da Alphabet criaram um equipamento que utiliza energia solar para “puxar” água do ar, que pode fornecer água potável a um bilhão de pessoas ao redor do mundo com energia renovável.

Leia também

Com o dispositivo é possível produzir 5 L por metro quadrado utilizando apenas energia renovável

X-Alphabet testa a água (divisão de investigação do Google)

Apresentando seu equipamento de energia solar em um novo estudo na revista Nature, os pesquisadores afirmam que uma área de coleta de energia solar que mede 1 m² é suficiente para produzir até 5 L de água potável por dia.

Entretanto, esse nível de desempenho só é possível em algumas condições e precisa de temperatura e luz solar suficientes, assim como umidade relativa de pelo menos 30%. Sendo assim, embora o dispositivo seja altamente útil em climas tropicais, é improvável que possa atender necessidades daqueles que vivem em ambientes áridos.

De acordo com os pesquisadores, grande parte das pessoas que estão enfrentando escassez de água potável, vivem no Vale do Rio Ganges, na Índia, ou na África Subsaariana, onde as condições são propícias ao uso do equipamento de energia renovável.

1 bilhão de pessoas podem ser beneficiadas com o dispositivo de energia solar

Utilizando o Google Earth, os pesquisadores extraíram dados meteorológicos médios de locais ao redor do mundo que são afetados por crises hídricas e os compararam com estatísticas populacionais para definir a utilização potencial de seu equipamento de energia renovável.

Os resultados mostraram que 1 bilhão de pessoas sem acesso à água potável, atualmente, estão situados nas regiões onde o clima permite o uso do aparelho movido a energia solar.

De acordo com os autores, no estudo é mostrado que a captação de água atmosférica poderia fornecer água potável para um bilhão de pessoas. Ainda segundo os pesquisadores, o equipamento tem capacidade de atender a uma média de água potável de 5 L diários por pessoa.

Protótipo que usa energia renovável é voltado para pessoas que vivem com US$ 2

O equipamento da empresa foi projetado para ser acessível para pessoas que vivem de US$ 2 a US$ 8 por dia. Composto por peças moldadas a vácuo, o dispositivo foi aprimorado nos últimos três anos e tem capacidade de gerar água potável por apenas 10 centavos cada litro. Entretanto, os pesquisadores responsáveis pelo projeto pretendem reduzir o custo para apenas 1 centavo, e para isso, tornaram seu projeto de código aberto para que outros pesquisadores possam contribuir com o avanço.

Em última análise, os pesquisadores pretendem criar um dispositivo de energia renovável que pode gerar água sem nenhum custo em todos os climas, incluindo ambientes secos com níveis baixíssimos de umidade relativa.

Segundo os pesquisadores, enfrentar o empasse pode fornecer uma solução viável para uma das maiores dificuldades que uma parte significativa da população mundial tem enfrentado.

Publicidade




Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.