Nova fábrica da Heineken em MG promete gerar mais de 11 mil empregos e funcionar 100% com o uso de energia renovável

nova fábrica da Heineken - empregos - vagas de emprego - energia renovável - sustentável Fábrica da Heineken em Pedro Leopoldo – Foto: Heineken/Divulgação




Com previsão de gerar mais de 11 mil oportunidades de emprego, a nova fábrica da Heineken, em MG, está prevista para meados de 2025. Toda a sua construção e operação serão devidamente abastecidas com o uso de energia renovável, alinhando a fábrica às metas ambientais de uma das maiores cervejarias do mundo.      

Na última quarta-feira (27), o governador do Estado de Minas Gerais, Romeu Zema, foi para a cidade de Passos, no Sul de MG, para participar do anúncio da construção e operação da nova fábrica da Heineken. A nova fábrica em MG, terá um investimento avaliado em R$ 1,8 bilhão, além de gerar cerca de 350 empregos diretos e mais de 11 mil indiretos. A fábrica da Heineken funcionará inteiramente com fonte de energia renovável.

Nova fábrica da Heineken começará suas operações em meados de 2025

Empresa investirá R$ 1,8 bilhão na construção da sua 15ª unidade no Brasil, que irá gerar 350 empregos diretos e 11 mil indiretos – Cristiano Machado / Imprensa MG

A 15ª unidade do grupo Heineken no Brasil está prevista para entrar em operação no ano de 2025. Na nova unidade fabril, além da Heineken, também será produzida a marca puro malte Amstel. Estima-se que a sua capacidade de produção anual será de mais de 5 milhões de hectolitros.

Artigos recomendados

A fábrica da Heineken será a unidade mais sustentável da cervejaria no país, já que será 100% abastecida de fontes de energia renovável. Com o fracasso no processo de instalação da fábrica na cidade de Pedro Leopoldo, região metropolitana de Belo Horizonte, o governador e sua equipe resolveram fazer tudo o que estava ao alcance, para garantir que a fábrica da Heineken continuasse em MG.

Entenda como Passos foi escolhida para ser a próxima cidade à receber uma fábrica da Heineken

Governador de Minas Gerais, Romeu Zema, anunciando fábrica da Heineken em Passos, MG. – Reprodução/Youtube

De acordo com os representantes da Heineken, a escolha de Passos se deu devido a sua disponibilidade hídrica, além do seu desenvolvimento socioeconômico e facilidade logística para o abastecimento de todo o estado de MG e da região Sudeste.

Porém, a ideia inicial era implantar a fábrica da Heineken em Pedro Leopoldo, de acordo com o plano feito no final de 2020. No entanto, o terreno onde a fábrica seria construída fica próximo a área das cavidades da Lapa Vermelha, local onde foi encontrado o fóssil humano mais antigo das Américas. Em respeito, a Heineken reconsiderou qualquer tipo de construção próxima ao local. Com isso, um novo processo de seleção da cidade foi aberto.

Em torno de 300 municípios de MG se inscreveram, mas apenas 3 foram finalistas, sendo Uberaba, Uberlândia e Passos. Após análise de cada município minuciosamente, a Heineken decidiu que Passos era a cidade ideal para a instalação de sua nova unidade fabril.

Com forte avanço nas políticas públicas criadas pelo Governo de MG, a vida de quem gera emprego e renda no estado foi simplificada, até mesmo para o empreendedor. Além dos mais de R$ 211 bilhões de investimentos privados atraídos ao estado, a região dommpp0 Sul de Minas foi responsável por mais R$ 6 bilhões, criando mais de 19 mil empregos diretos em 93 projetos de 15 municípios mineiros. E não somente a Heineken, Passos também atraiu para MG uma planta da Ipiranga Agroindustrial, com a previsão de que seja investido em torno de R$ 402 milhões, além da geração de 200 empregos diretos.

A cervejaria Heineken no Brasil

O Grupo Heineken possui atualmente 14 fábricas e 25 Centros de Distribuições no Brasil, além de contar com a geração de mais de 13 mil empregos diretos. Além da legítima cerveja Heineken, a empresa fabrica e comercializa também as suas submarcas, sendo a Sol, Kaiser, Bavária, Lagonitas, Bavaria Premium, Bavária 0,0%, Xingu, Amstel, Kirin Ichiban, Schin, No Grau, Devassa, Baden Baden, Eisenbahn, Cintra e Glacial. Em 2017, a cervejaria Heineken adquiriu a empresa Brasil Kirin, se tornando o segundo player no mercado cervejeiro brasileiro, com aproximadamente 20% do mercado.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.