Navio “Papa Francisco” funcionará como hospital e beneficiará comunidades do Amazonas

A embarcação ‘Papa Francisco’ construída pelo estaleiro Inace, um projeto arrojado em prol da caridade, embarcou nesta sexta-feira, dia 7, para o seu destino, a população ribeirinha do Amazonas

Uma embarcação construída no Ceará vai funcionar como um meio que levará serviços de saúde e assistência médica a locais mais isolados, acessíveis por vias fluviais da região Amazônica. O Navio Hospital Papa Francisco foi construído pelo Estaleiro Naval Inace e deixou a Praia de Iracema, Fortaleza, com destino a Belém, no Pará.

A embarcação hospitalar foi encomendada pela Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus, que idealizou o projeto quando o  Papa Francisco visitou um hospital no Rio de Janeiro durante a Jornada Mundial da Juventude, em 2013.

O papa fez um pedido ao Frei Francisco, fundador da associação, para que ele desse atenção e assistência àqueles que não tinham como chegar a um hospital.

“percebemos que para a população que vivia nas margens do rio e tinha dificuldade em chegar aos hospitais, o único meio era o hospital ir até elas”, disse.

A embarcação conta com 10 tripulantes fixos e 20 voluntários, que sairão nas expedições que durarão dez dias, quando então retornam para a base que ficará na cidade de Óbidos, no Pará.

A expectativa é de que a embarcação atenda mais de mil comunidades ribeirinhas.

A construção do barco, que tem 32 metros de extensão, foi iniciada em janeiro de 2018

O Navio Hospital conta com consultórios médicos, odontológicos, centro cirúrgico, sala oftalmológica completa, laboratório de análises, sala de medicação, sala de vacinação e leitos de enfermaria, além de equipamentos para exames, como raio-X, ultrassom, eco, mamógrafo, esteira ergométrica e eletro.

Também serão realizados trabalhos de prevenção e diagnóstico precoce do câncer, com a realização de exames.

De acordo com a diretora da empresa, Flávia Barros, foi um grande desafio. “Acredito que esse fim fez com que o desafio ficasse mais gostoso, justamente sabendo que era para um trabalho nobre e desafiador”, disse.

Conheça as empresas da Petrobras liberadas para venda com a decisão do STF nesta quiinta-feira, 06 de junho!

Sobre Flavia Marinho

Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e experiente na indústria de construção naval. Se você têm uma sugestão de pauta, gostaria de postar vagas de empregos ou anunciar conosco, mandem um e-mail para [email protected] OBS: Não contratamos, então não envie currículos! Informações sobre empregabilidade apenas no site.