Município de Passos, em Minas Gerais, ganha concorrência e será a sede da nova fábrica do grupo Heineken no Brasil

Heineken, fábrica, Minas Gerais Foto: Reprodução Adobe Stock




Após demonstração de interesse de diversos municípios em Minas Gerais, a cidade de Passos foi a escolhida pela empresa Heineken para sediar sua mais nova fábrica, que receberá investimento de R$ 1,8 bilhão

Foi divulgado nesta quarta-feira, dia 27, que a cidade de Passos, em Minas Gerais, foi escolhida pela cervejaria Heineken como a sede de sua mais nova unidade de fabricação no Brasil. A decisão ocorreu após desistência da empresa em instalar a fábrica na cidade de Pedro Leopoldo, também em Minas Gerais. O valor inicialmente investido é de R$ 1,8 bilhão, e a capacidade produtiva da fábrica será de 500 milhões de litros ao ano, com previsão para futuro acréscimo dessa quantia.

O comunicado ocorreu durante um evento para assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta entre o estado de Minas Gerais, o Ministério Público e a empresa Heineken. Lá estiveram presentes Romeu Zema –governador de Minas Gerais –; Mauricio Giamellaro – presidente do grupo Heineken –; Diego Oliveira – prefeito de Passos –; Carlos Bruno Ferreira da Silva – procurador da república –, além de outros representantes estatais e da empresa.

Artigos recomendados

A abertura da fábrica é calculada para o ano de 2025. Conforme previsões do Grupo Heineken, a instalação empregará 350 pessoas e fornecerá cerca de 11 mil empregos indiretos. Essa unidade será a 15° fábrica da cervejaria no Brasil e, segundo a empresa, a primeira a ser idealizada e montada do zero.

A unidade produtiva será responsável pela fabricação das marcas puro malte, a exemplo da Heineken e da Amstel. Além disso, a fábrica de cervejas estará localizada às margens da MGC-146, que conecta Passos à cidade de São João Batista da Glória e onde hoje está situada uma plantação de soja.

Diversos municípios em Minas Gerais disputaram pela sede do novo empreendimento

Mauricio Giamellaro, presidente da companhia no Brasil, afirmou que a empresa foi contactada por mais de 200 municípios no estado de Minas Gerais interessados em sediar a nova fábrica, que foram bastante receptivos e solícitos ao se disponibilizarem para o grupo. “Ficamos muito felizes com esse reconhecimento e gostaríamos de reforçar nosso agradecimento a todos os municípios”, completou Giamellaro.

Em entrevista ao sistema de notícias Broadcast, a empresa disse que as cidades interessadas estavam dispostas a oferecer ótimas opções de terreno, em adição a uma conjuntura oportuna para a instalação de um empreendimento dessa magnitude.

Sem entrar em detalhes quanto aos incentivos fiscais recebidos, o grupo Heineken também declarou: “Assim como naturalmente acontece em negociações na indústria, recebemos incentivos estaduais e municipais para que fosse possível seguir com nosso plano de expansão no estado”. Porém, apesar dos estímulos oferecidos, o aporte inicial para a instalação da nova fábrica em Minas Gerais será retirado do capital da própria empresa.

Assista este vídeo para saber mais sobre a abertura da nova fábrica da Heineken em Passos:

Cervejaria Heineken pretende usufruir apenas de fontes de energia renováveis na nova unidade produtiva

A nova fábrica fará uso somente de recursos energéticos renováveis, acatando também práticas de eficiência hídrica. Segundo a companhia, esta será a unidade de produção mais sustentável do grupo Heineken até o momento.

Além do mais, o município de Passos também já foi incluído no projeto de geração distribuída de energia renovável da cervejaria Heineken. Dessa forma, os habitantes da cidade, por meio do cadastro digital no site da companhia, poderão usufruir da energia verde, assim como os bares e restaurantes municipais. Como consequência, poderá haver diminuição de até 15% nas despesas mensais desses indivíduos.

O grupo Heineken não tornou público o quanto custa à empresa a iniciativa de estender o acesso à energia limpa ao restante da população local.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos