Japão desenvolve novo concreto para construção civil que não precisa usar cimento

Valdemar Medeiros
por
-
23-04-2021 11:43:45
em Indústria e Construção Civil
Japão - concreto - cimento - construção civil Novo concreto sem cimento do Japão – Fonte: reprodução google

Pensando na redução da emissão de CO2, pesquisadores do Japão desenvolvem solução inovadora para a construção civil, criando um concreto sem utilizar cimento

Pesquisadores do Instituto de Ciência Industrial da Universidade de Tóquio, no Japão, ligaram de forma direta as partículas de areia, através de uma simples reação em álcool, na presença de um catalisador, criando, assim, um novo método inovador de produzir concreto sem utilizar cimento. Sem dúvidas, se esse projeto do Japão sair do laboratório e ir para o setor industrial, irá revolucionar não só o setor de construção civil, mas também será uma forma reduzir drasticamente as emissões de CO2, que são liberadas durante a produção do cimento.

Leia também

Os efeitos na produção de cimento e a nova mudança do mercado japonês

O material mais utilizado atualmente na construção civil, em todo o mundo, é o concreto, que é uma mistura de agregados (brita e areia), água e cimento.

O cimento é produzido a partir da queima, em alto forno, da argila e calcário. Logo após, são triturados e misturados, passando por um processo de cozimento, se transformando em um pó. Esse pó, após ser resfriado, é denominado de clínquer. Nesse processo de cozimento, a cada quilograma, são produzidos 0,7 kg de CO2 são emitidos, poluindo a atmosfera.

Entenda como funciona o concreto sem uso de cimento do Japão

Para encontrar o composto que unisse os grãos de areia do concreto sem precisar do cimento, Yuya Sakai e Ahmad Farahani, cientistas do Japão, tiveram que fazer um demorado e paciente processo de alquimia. O substituto ideal utilizado pelos cientistas foi o tetraalcoxissilano, que é capaz de induzir um processo chamado de transição sol-gel.

Segundo Sakai, os pesquisadores podem produzir, a partir da areia, o tetraalcoxissilano, por meio de uma reação a álcool e um catalisador através da remoção da água. Os pesquisadores do Japão, como teste, colocaram um copo feito de folha de cobre dentro de um reator com álcool, areia, e os tretraalcoxissilano.

De acordo com os pesquisadores, obter um produto que possui uma resistência à altura, para funcionar como concreto, envolveu principalmente encontrar a proporção correta dos componentes.

Construção civil na indústria sustentável

Uma tendência que tem dado o que falar foram as famosas construções verdes, que têm como objetivo na construção civil trazer sustentabilidade, preservando os recursos ambientais e reduzindo os custos operacionais.

Nesse cenário, projetos de construção civil que utilizam de madeira, por exemplo, devem ter ações voltadas para os processos de reflorestamento. As construções verdes estão cada vez mais ganhando espaço, e garantem um retorno do investimento mais rápido que a construção civil comum, e, com o passar do tempo, tem estimativa de ser cada vez mais procuradas.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.