Home > Sem categoria

Greve aprovada por servidores da Petrobras para o período de 25 a 29 de novembro

Paulo Nogueira
por
-
22-11-2019 13:32:52
em Sem categoria
Greve aprovada por servidores da Petrobras para o período de 25 a 29 de novembro Petrobras fechada por conta de greve

Categoria quer cumprimento de cláusulas do ACT e determina paralisação por tempo determinado para pressionar a Petrobras a cumprir medidas

O anúncio da greve foi formalizado ontem (21) pela Federação Única dos Petroleiros (FUP) junto à Petrobras e à Transpetro. O indicativo da paralisação foi aprovado por 61% dos votos e é estabelecido por tempo determinado, com início na próxima segunda-feira, dia 25, até a sexta, dia 29. Agora a atenção do sindicato estar voltada ao desenvolvimento do movimento grevista. Veja também que a Petrobras inicia etapa de venda das refinarias RNEST, RLAM, REPAR e REFAP

As assembleias aprovaram também por 89%, além do indicativo de greve, a pauta de reivindicação da FUP para que haja o cumprimento das cláusulas 41 e 86 do ACT, sobre efetivo e empregabilidade, e da cláusula 73, sobre a abolição do uso de metas de SMS como critério para avaliação de empregados. O Ministério Público do Trabalho protocolou a solicitação.

O sindicato anunciou que vai divulgar as orientações para a categoria sobre os procedimentos da greve hoje (22), às 19h30, no Face to Face. Além disso, haverá uma transmissão ao vivo no Facebook na noite do próximo domingo. Das ações a serem discutidas, além das atividades internas na empresa, para pressionar a Petrobras pelo cumprimento da ATC, serão realizadas atividades públicas para conscientizar a população sobre os ataques à estatal e ao país.

O Sindipetro NF (Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense) convoca toda a categoria para se fazer presente no movimento grevista, e destaca a importância decisiva para a sobrevivência da Petrobras, dos empregos e dos direitos dos trabalhadores. O sindicato vem defendendo os interesses da categoria há cerca de 30 anos e defende e luta pelos interesses de todos os trabalhadores das empresas do setor petróleo.

Veja também

Petrobras arrenda Fafens da Bahia e de Sergipe para o Grupo Unigel por R$ 177 milhões

A Petrobras informou nesta quinta-feira, 21 de novembro, que realizou o arrendamento das Fafens (Fábricas de fertilizantes nitrogenados) de Sergipe e da Bahia para o Grupo Unigel, que terá o controle das unidades por um período de dez anos, renováveis por mais dez. Além das fábricas, o arrendamento inclui os terminais marítimos de amônia e ureia no Porto de Aratu, na Bahia. O negócio envolve R$ 177 milhões.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.