Gigante no setor de petróleo, a Equinor anunciou novos investimentos em florestas, pela primeira vez no Brasil

Roberta Souza
por
-
19-12-2020 14:57:06
em Economia, Negócios e Política
Investimentos, Equinor Equinor

A norueguesa Equinor, fará investimentos pela primeira vez no Brasil, na preservação e manutenção de florestas

A Equinor Brasil anunciou que a empresa fechou uma parceria com a Reserva Ecológica do Guapiaçu (Regua), em Cachoeiras de Macacu, no Estado do Rio de Janeiro. Será a primeira vez que a norueguesa fará o investimento global em proteção e manutenção de florestas, no Brasil. A parceria é válida por três anos, podendo ser renovada por dois anos.

Confira também outras notícias do dia:

O investimento tem como objetivo proteger e reflorestar a Mata Atlântica do Brasil para contribuir com o plano de descarbonização da empresa para atingir emissões líquidas de carbono zero até 2050.

Margareth Øvrum, vice-presidente executiva de Produção e Desenvolvimento da Equinor no Brasil, disse que “Restaurar e proteger florestas tropicais é crucial para a conservação da biodiversidade e para o enfrentamento das mudanças climáticas. Em parceria com a Regua, vamos contribuir para a restauração de áreas degradadas, retornando à floresta original, além de garantir proteção permanente de florestas remanescentes e viabilizar educação para estudantes no Rio de Janeiro, para que aprendam origem sobre a importância das florestas tropicais, da biodiversidade e do clima.”

A empresa não divulgou o valor do investimento, mas além de ajudar a restaurar e proteger os habitats naturais, a Equinor também apoiará alunos do Rio de Janeiro a aprender sobre a importância das florestas tropicais, sua biodiversidade e sua contribuição para as mudanças climáticas.

Já o vice-presidente de Segurança Operacional e Sustentabilidade da Equinor, Paulo Van der Vem, diz que “Este anúncio, junto com nossas ações para reduzir as nossas emissões de óleo e gás e crescer com rentabilidade nas renováveis, confirma nosso compromisso com o desenvolvimento sustentável, que é uma agenda fundamental para nossa estratégia de longo prazo no Brasil”.

A petroleira informou que, com a adição do investimento, é esperado que essas ações sejam mais intensas. A empresa instalou no país o primeiro projeto de energia solar do mundo e pretende construir um parque eólico offshore no Brasil, que já ocupou posição dominante em outros países.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos