Gerdau investe R$ 55 milhões para retomar produção de aço, no estado do Paraná

Roberta Souza
por
-
30-08-2021 11:28:08
em Indústria e Construção Civil
Gerdau – produção – aço Unidade da Gerdau/ Fonte: Exame

A produtora de aço Gerdau irá retomar as operações no mês de setembro na unidade do município de Araucária, no estado do Paraná

A Gerdau anunciou recentemente que irá retomar no mês de setembro, as operações de produção de aço na unidade localizada no município de Araucária, no estado do Paraná. Para o reinício das atividades na usina, a maior empresa brasileira produtora de aço e uma das principais fornecedoras de aços longos nas américas, precisou realizar um investimento na ordem de R$ 55 milhões. A companhia ainda aproveita o momento em que o mercado da construção civil está em alta para reativar a unidade. Confira ainda esta notícia: Com a criação de 150 novos postos de trabalho, Gerdau retoma produção de aço em Mogi das Cruzes, em São Paulo

A retomada de produção na unidade, no estado do Paraná

Com capacidade anual de produção de 420,000 toneladas de aço de aço bruto, a unidade localizada em Araucária, no estado do Paraná, está hibernada desde o ano de 2014, e terá suas atividades retomadas de forma gradual, com os volumes ajustados em linha com a evolução do mercado nacional. Com isso, serão gerados cerca de 300 novos postos de trabalho diretos e indiretos.

Marcos Faraco, vice-presidente da Gerdau, diz que estão otimistas com as boas perspectivas apresentadas para o mercado doméstico. Com o reinício da produção, a empresa visa seguir atendendo o aumento da demanda por aços longos no Brasil, bem como otimizar o fornecimento de produtos aos clientes em todo o País em associação às capacidades já existentes.

A empresa diz que tal retomada de produção de aço na unidade, no estado do Paraná, é reflexo do cenário positivo para a demanda por aço no Brasil, principalmente dos setores da construção civil, infraestrutura e indústria, segmento que é o principal comprador do aço produzido na unidade de Araucária. Com o reinício da produção, a empresa visa seguir atendendo o aumento da demanda por aços longos no Brasil, bem como otimizar o fornecimento de produtos aos clientes em todo o País em associação às capacidades já existentes.

Além de investir no Paraná, e Gerdau investirá no estado do Minas Gerais

A Gerdau anunciou um plano de investimento de R$ 6 bilhões no estado de Minas Gerais nos próximos cinco anos, para modernização, atualização tecnológica e ampliação de suas operações locais. Com o aporte, a empresa reforça o compromisso com o desenvolvimento sustentável, econômico e social do estado e gerará mais de 6 mil empregos diretos e indiretos.

Os investimentos da Gerdau estarão divididos em três eixos: crescimento, atualização tecnológica e diversificação, tendo o aprimoramento das práticas ambientais como premissa transversal ao programa anunciado. Trata-se de um plano que contemplará todas as regiões de Minas Gerais, onde a empresa possui atuação, beneficiando dezenas de municípios, em atividades de produção de aço, mineração, produção de energia renovável e a atividade de florestas plantadas.

Dois importantes investimentos na ampliação da produção de aço ocorrerão em Ouro Branco, em Minas Gerais, onde a empresa possui sua principal usina produtora. A unidade terá a capacidade anual de produção de bobinas a quente ampliada em 250 mil toneladas/ano, com o início da produção previsto para início de 2024. Além disso, a Gerdau está ampliando a produção de perfis estruturais em 500 mil toneladas/ano, dobrando a atual capacidade, e com início da produção projetado para 2025. Com isso, a Gerdau visa seguir atendendo ao crescente consumo dos setores consumidores destes produtos no Brasil e na América Latina.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos
fwefwefwefwefwe