Com a criação de 150 novos postos de trabalho, Gerdau retoma produção de aço em Mogi das Cruzes, em São Paulo

Roberta Souza
por
-
20-08-2021 11:49:47
em Indústria e Construção Civil
Gerdau – aço – São Paulo Trabalhador da Gerdau/ Fonte: UOL

A Gerdau, maior produtora de aço brasileira, reativou neste mês a aciaria da unidade de Mogi das Cruzes, no interior do estado de São Paulo

A Gerdau reativou neste mês a aciaria da unidade de Mogi das Cruzes, em São Paulo. Conforme descrito pela empresa, trata se um “reflexo das perspectivas positivas de retomada do setor automotivo no Brasil”. A maior produtora de aço do Brasil ressalta que a usina da unidade estava hibernada desde março de 2019 e irá operar com uma capacidade anual de cerca de 180 mil toneladas de aço. Veja ainda esta notícia: Para ampliar capacidade de produção de aço, Gerdau irá investir US$ 500 milhões em usina, no estado de Minas Gerais

O retorno da produção de aço, na unidade em São Paulo

O reinício das atividades de produção de aço na usina em Mogi das Cruzes, no estado de São Paulo, faz parte de um ciclo de “crescimento sustentável” da Gerdau, que prevê investimentos de aproximadamente R$ 1 bilhão na modernização e ampliação das operações de aços especiais no País – contemplando, além da usina de Mogi, as unidades produtoras de Pindamonhangaba – também em São Paulo, e em Charqueadas, no estado do Rio Grande do Sul.

Rubens Pereira, vice-presidente de Aços Especiais da Gerdau no Brasil, diz que “Estamos otimistas com a retomada do consumo de aço do setor automotivo no mercado doméstico, especialmente do segmento de veículos pesados, e, por isso, nos preparamos, para um novo ciclo de crescimento, buscando gerar mais valor para nossos clientes. A reativação da aciaria de Mogi das Cruzes é parte desse ciclo e visa aumentar a nossa produtividade, atendendo à demanda crescente, principalmente nos setores automotivos e de máquinas”.

O executivo ainda ressalta que para a região de Mogi das Cruzes, a reabertura da aciaria da Gerdau, significa também mais empregos diretos e indiretos, e estamos satisfeitos em poder contribuir com o desenvolvimento econômico e social da região.

Confira ainda esta notícia: Gerdau investirá R$ 6 bilhões para ampliar produção no estado de Minas Gerais. Cerca de 6 mil empregos serão gerados

A Gerdau anunciou um plano de investimento de R$ 6 bilhões no estado de Minas Gerais nos próximos cinco anos, para modernização, atualização tecnológica e ampliação de suas operações locais. Com o aporte, a empresa maior produtora de aço, reforça o compromisso com o desenvolvimento sustentável, econômico e social do estado e gerará mais de 6 mil empregos diretos e indiretos.

Os investimentos da Gerdau estarão divididos em três eixos: crescimento, atualização tecnológica e diversificação, tendo o aprimoramento das práticas ambientais como premissa transversal ao programa anunciado. Trata-se de um plano que contemplará todas as regiões de Minas Gerais, onde a empresa possui atuação, beneficiando dezenas de municípios, em atividades de produção de aço, mineração, produção de energia renovável e a atividade de florestas plantadas.

Dois importantes investimentos na ampliação da produção de aço ocorrerão em Ouro Branco, em Minas Gerais, onde a empresa possui sua principal usina produtora. A unidade terá a capacidade anual de produção de bobinas a quente ampliada em 250 mil toneladas/ano, com o início da produção previsto para início de 2024. Além disso, a Gerdau está ampliando a produção de perfis estruturais em 500 mil toneladas/ano, dobrando a atual capacidade, e com início da produção projetado para 2025. Com isso, a Gerdau visa seguir atendendo ao crescente consumo dos setores consumidores destes produtos no Brasil e na América Latina.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos
fwefwefwefwefwe