Turbina eólica offshore da GE mais poderosa do mundo começa a produzir energia e enviar para concessionária

Paulo Nogueira
por
-
18-12-2019 16:30:23
em Energia Renovável
GE tubirna energia eólica offshore concessionária Haliade-X – GE

A concessionária holandesa Eneco começou a comprar energia produzida pelo protótipo da turbina eólica Haliade-X de 12 MW da GE Renewable Energy.

O protótipo da GE foi instalado no porto de Maasvlakte-Rotterdam, na Holanda. A energia produzida pelo Haliade-X está sendo vendida pela Future Wind, uma joint venture entre Pondera Development e SIF Holding Netherlands.

Veja outros projetos da Empresa em Renováveis

A escala da turbina é considerável: possui uma capacidade de 12 megawatts (MW), uma altura de 260 metros e um comprimento de lâmina de 107 metros. A GE Renewable Energy a descreveu como a “turbina eólica offshore mais poderosa do mundo”.

Em comunicado divulgado na terça-feira, a GE disse que a turbina produziu 262 megawatt-hora de energia recentemente em um período de 24 horas, o suficiente para abastecer 30.000 famílias na área. Em novembro, foi anunciado que a turbina gerou seu primeiro quilowatt-hora.

Embora projetada para o setor offshore, a GE Renewable Energy havia dito anteriormente que o protótipo do Haliade-X 12 MW seria instalado em terra para “simplificar o acesso para testes”. A GE pretende comercializar a turbina até 2021, com produção em série com início no segundo semestre desse ano.

Até o momento, a empresa diz que o Haliade-X foi escolhido como a turbina eólica preferida para vários projetos offshore. Isso inclui o esquema de 3.600 MW do Dogger Bank no Reino Unido e o projeto de 1.100 Ocean Wind nos EUA.

À medida que a tecnologia se desenvolve, o tamanho das turbinas eólicas está aumentando. Em setembro de 2018, a MHI Vestas Offshore Wind lançou o que descreveu como “a primeira turbina eólica de dois dígitos disponível comercialmente no setor eólico”, a V164-10,0 MW. A turbina possui pás de 80 metros de comprimento, pesando 35 toneladas cada, e uma altura de ponta de cerca de 187 metros.

Como região, a Europa é um participante importante no setor eólico offshore. É o lar de projetos de grande escala, como o Walney Extension. Inaugurado oficialmente em setembro de 2018, está localizado no Mar da Irlanda, tem uma capacidade total de 659 MW e gera eletricidade para quase 600.000 residências, segundo a empresa de energia dinamarquesa Orsted.

A instalação utiliza 87 turbinas – 40 MHI-Vestas 8,25 MW e 47 Siemens Gamesa 7 MW – e cobre uma área igual a aproximadamente 20.000 campos de futebol.

O setor offshore nos EUA, por outro lado, ainda é relativamente jovem. Sua primeira instalação offshore, o Parque Eólico Block Island de 30 MW, iniciou suas operações comerciais apenas em 2016. O projeto está localizado na costa de Rhode Island e é operado pela Orsted.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.