Gás do Comperj terá a construção de Ponto de Recebimento no Rio de Janeiro

Gás do Comperj

Gás natural processado no Comperj terá Ponto de Recebimento em Guapimirim, no Rio de Janeiro, no gasoduto Gasduc III e obras devem durar 1 ano.

A UPGN do Comperj continua gerando obras pelo Rio de Janeiro, pouco mais de um mês depois de anunciar que irá investir 900 milhões de reais nos próximos cinco anos, a Nova Transportadora Sudeste (NTS) recebeu a autorização da ANP para construir o ponto de recebimento de gás natural PR Guapimirim (RJ), no gasoduto Gasduc III, com capacidade para 18,2 milhões de m³/dia.

A NTS não divulgou quantas vagas de emprego serão geradas com as obras, mas informou que as mesmas deverão durar cerca de uma ano no município de Guapimirim na baixada fluminense.

O PR (Ponto de Recebimento) de Guapimirim receberá o gás processado na UPGN do Comperj, em está em construção pela Petrobras e Kerui Metodo, que vai tratar a produção do pré-sal, escoada pelo Rota 3 (incluindo gás de campos da cessão onerosa).

A Petrobras ainda detém 10% de participação na NTS que é controlada por um fundo de investimentos com participações ainda da Brookfield (82,35%), e da Itaúsa (7,65%). A estatal brasileira já avisou que pretende aos poucos sair do mercado de transporte e distribuição de combustíveis.

A responsável pelas obras

A empresa se prepara para a expansão futura da malha e atração de novos clientes além da Petrobras, hoje a NTS é responsável por uma malha de mais de 2000 mil Km de gasodutos que ligam os estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo (responsáveis por 50% do consumo de gás no Brasil) ao gasoduto Brasil-Bolívia, aos terminais de GNL e às plantas de processamento de gás.

Os gasodutos da NTS conectam a região mais industrializada do Brasil e distribuem 158,2 milhões m³ de gás por dia e seu controle foi vendido pela Petrobras, por mais de 5 bilhões de dólares, para a Brookfield, em abril de 2017.

Leia também ! Sete Brasil aceita proposta e obras das sondas do Brasfels e Jurong serão retomadas !

Renato Oliveira

About Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)