Gás de cozinha mais barato ! ANP aprova medida que acaba com o intermediário

Gás de cozinha

Proibição da venda por distribuidoras de combusteis foi extinta pela ANP e com a venda direta, sem os intermediários, governo espera redução no preço do botijão de 13 kg

Como resultado das discussões para mudanças nas regras do setor de gás, A ANP revogou, ontem (18/07), os artigos 36 da resolução 49/2016 e 27, da 51/2016, que proibiam os distribuidores de GLP de vender diretamente o gás de cozinha ao consumidor.
A comercialização do GLP já vinha sendo discutida desde o ano passado e a medida aprovada visa a eliminação dos intermediários nas vendas de combustíveis líquidos e do gás natural e aumentar a concorrência do setor.

Queda no preço

O entendimento da ANP, ao adotar a medida, é que os custos de existência das empresas intermediárias eram repassadas ao consumidor e com a eliminação destes, o governo vai ter o caminho mais facilitado, em busca da redução de 50% nos preços do gás, conforme intenção do novo governo federal.

Um dos que votaram a favor da proposta, o O diretor-geral da ANP, Décio Oddone, declarou em seu voto que o preço do GLP vai ficar livre das margens de lucro dos revendedores.
“O GLP custa em média R$ 70 (…) O valor do produto corresponde a cerca de R$ 26, os tributos são R$ 12 e o resto são as margens de distribuição e revenda”, afirmou ele.

Como podemos observar são quase 50% que caem nas mão dos revendedores e que encarecem o gás de cozinha para o consumidor final.(Veja no gráfico abaixo).

O diretor-geral da agência concluiu ainda que, “É o fim da obrigatoriedade que o botijão de gás de cozinha de 13 kg tenha que obrigatoriamente passar pelo revendedor de GLP antes de chegar ao consumidor, assim estamos eliminando uma restrição regulatória que nunca se confirmou na prática”.

Leia também aqui no seu portal CPG ! Wood inicia hoje, 19 de julho, grande processo seletivo para projetos no Rio de Janeiro ! Veja quais são os cargos ofertados e não deixe de se inscrever as vagas !

Renato Oliveira

About Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)