Equatorial Energia arremata em leilão de privatização a CEEE no Rio Grande do Sul e assume dívida de quase R$ 7 bilhões

Flavia Marinho
por
-
01-04-2021 15:25:45
em Economia, Negócios e Política
equatorial - energia - rio grande do sul - vagas - empregos

Com R$ 100 mil, Equatorial Energia vence leilão da distribuidora CEEE no Rio Grande do Sul e assume dívida de quase R$ 7 bilhões

Na manhã de quarta-feira (31), a Equatorial Energia venceu o leilão de privatização da distribuidora Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica-CEEE – D, no Rio Grande do Sul. A empresa foi a única proponente e apresentou valor de R$ 100 mil e assume dívida de quase R$ 7 bilhões. O Grupo prevê a melhoria do serviço ofertado e também o aprimoramento do atendimento aos consumidores do estado.

Leia também

“Estamos vivendo uma data histórica para o Rio Grande do Sul. Abrimos um processo de privatizações com a venda da CEEE-D, logo em seguida teremos a venda da CEEE-G e da CEEE-T, da Sulgás, e no segundo semestre teremos concessões de estradas, já com modelagens sendo feitas também com apoio importante do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Essa venda por R$ 100 mil vem com um conjunto de obrigações que é levado pela iniciativa privada, a começar pelos próprios investimentos que são exigidos em um contrato de concessão e que a companhia estatal não conseguia fazer. Estamos garantindo investimentos para a população em energia elétrica e também transferindo pelo menos R$ 4,4 bilhões em passivo acumulado pela companhia só em ICMS, que serão assumidos pela Equatorial”, destacou o governador Eduardo Leite.

O Grupo Equatorial atende quase 10% do total de consumidores brasileiros e responde por 6,5% do mercado de distribuição do país. O grupo apresentou proposta de R$ 100 mil. Não houve disputa, uma vez que essa foi a única empresa participante. O processo de transição para o novo acionista deve levar de 60 a 90 dias.

“A Equatorial está no segmento de transmissão e distribuição, e já tem uma longa tradição no setor, haja vista a qualidade do serviço prestado no Maranhão, no Pará, no Piauí e em Alagoas. Estamos prometendo trabalhar diuturnamente e faremos investimentos necessários para melhorar a qualidade, ampliando a confiabilidade do serviço”, garantiu o presidente do Grupo Equatorial, Augusto Miranda.

Equatorial Energia sume passivo de quase R$ 7 bilhões da CEEE

As ações representam o controle acionário da CEEE-D, de titularidade da Companhia Estadual de Energia Elétrica Participações (CEEE-Par), e foram leiloadas em lote único. A companhia atende 1,6 milhão de clientes em 72 municípios.

Até abril deste ano, a CEEE-D terá um passivo que deve chegar a R$ 4,4 bilhões somente em ICMS, somado a outras obrigações como empréstimos, previdência e ex-autárquicos – funcionários da época em que a companhia era uma autarquia. Se a venda não fosse efetivada, esse valor superaria os R$ 7 bilhões, agravando ainda mais a situação financeira do RS e gerando riscos para o serviço prestado aos consumidores.

Investimentos no Rio Grande do Sul

No decorrer de 2021 e 2022, o Grupo Equatorial injetará no estado do Rio Grande do Sul investimentos que irão auxiliar na melhoria da qualidade dos serviços e do atendimento aos consumidores. Com esse novo momento, a empresa espera ser um catalisador do desenvolvimento econômico e social dos 72 municípios gaúchos que estarão agora na nova concessão, possibilitando o crescimento das empresas na região e atraindo novos projetos.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.