Energia solar – Cemig SIM receberá aportes de R$ 1 bilhão até 2025

Roberta Souza
por
-
07-06-2021 17:24:05
em Energia Renovável
Cemig – energia solar - energia Usina solar/ Fonte: CicloVivo

A Cemig SIM deverá destinar o investimentos bilionário para os mercados de soluções em eficiência energética e de energia solar até 2025

A Cemig SIM, empresa do Grupo Cemig focada em energia renovável, vai receber aportes de R$ 1 bilhão até 2025, da sua controladora, para investir em projetos ligados às fazendas de energia solar. Segundo a empresa, o investimento tem como meta a ampliação de sua participação no mercado de geração distribuída compartilhada de atuais 10% para 30% até o final de 2025. A companhia, que hoje conta com 11 fazendas solares já em operação, pretende inaugurar mais sete ainda no primeiro semestre deste ano de 2021. Veja ainda: Empresa de pagamentos eletrônicos investe 25 milhões para construção de usina de energia solar para mineração de Bitcoin

Aportes a serem realizados na empresa do setor de energia solar

João Paulo Campos, diretor de desenvolvimento de negócios e finanças da Cemig SIM, diz que o planejamento estratégico da Cemig prevê investimento de R$ 1 bilhão no negócio de geração distribuída, que acontece através da Cemig SIM. Contudo, irão buscar uma estrutura ótima de capital, ou seja, não necessariamente será com recursos próprios, e, segundo, o executivo, pode-se fazer algum tipo de alavancagem que rentabilize e otimize os resultados no setor de energia solar.

Já o CEO da Cemig SIM, Danilo Gusmão, diz que acreditam que o futuro do setor elétrico passa por um aumento do volume de recursos distribuídos e sistemas inteligentes. Segundo ele, é estratégico para a companhia fortalecer a atuação no segmento de geração distribuída (GD), ou energia solar por assinatura.

Os projetos da Cemig SIM

Os recursos a serem realizados compõem o plano de estratégia anunciado recentemente pela empresa, que consiste em alcançar, até 2025, 30% de atuação no mercado de energia solar por assinatura no estado de Minas Gerais com lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) em R$ 170 milhões anualmente.

Danilo ainda ressalta que a Cemig SIM tem preservado um avanço constante desde a sua inauguração, realizada em outubro de 2019, sendo orientada por um plano institucional que visa assegurar uma participação construtiva – tanto do ponto de vista regulatório quanto financeiro – no desenvolvimento de um modelo sustentável de geração distribuída de energia solar.

O executivo diz que o mercado de geração distribuída é caracterizado por muitos agentes, mas a Cemig SIM seguirá com foco em Minas Gerais. Gusmão diz que acredita na força da marca, que carrega a solidez e a credibilidade do Grupo Cemig, e, ainda, apresenta capilaridade no relacionamento com os clientes em todo estado.

Atuação da Cemig SIM

Danilo detalhou que a Cemig SIM instituiu um modelo comercial otimizado e digitalizado de atendimento, adotando soluções digitais. Segundo ele, de início, a companhia operava somente nos setores comerciais (empresas de diferentes segmentos, condomínios, agências bancárias, supermercados, padarias, farmácias, fábricas, agências bancárias e lojas). A empresa expandiu, a partir de abril, o fornecimento destinado ao público residencial, apropriado para consumo maior que 300 kWh.

Nos dias de hoje, a Cemig SIM possui em sua carteira aproximadamente três mil clientes de energia solar por assinatura. O CEO da empresa diz que, com o investimento estratégico que se inicia agora, todos estão confiantes de que a oferta de produtos e serviços da Cemig SIM é completa e proporciona maiores oportunidades comerciais de fidelização e relacionamentos de longo prazo para clientes com as mais variadas necessidades.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos