Enauta retoma produção de petróleo em poço no Campo de Atlanta, na Bacia de Santos

Roberta Souza
por
-
22-07-2021 15:46:30
em Petróleo, Óleo e Gás
Enauta – produção – Bacia de Santos Embarcação no campo de Atlanta/ Fonte: epbr


A petroleira Enauta informou que, após os dois poços terem apresentado falha no sistema de bombeio, a produção em um deles retomada na Bacia de Santos

A Enauta informou em fato relevante, na última terça-feira, que um dos dois poços produtores do Campo de Atlanta, na Bacia de Santos, que apresentou falha no sistema de bombeio no início deste mês retomou operações, o que faz com que o ativo volte a contar com dois poços. Segundo a companhia, a produção retornou “rapidamente” a um patamar equivalente ao observado antes da interrupção, da ordem de 17 mil a 18 mil barris por dia. Veja ainda: DOF Subsea fecha mais dois contratos com a Petrobras e a Equinor, para os navios Skandi Paraty e Skandi Iguaçu

A retomada da produção da Enauta

“O Sistema de Produção Antecipada do Campo de Atlanta conta com três poços produtores, desenhados para operar com bombas dentro dos poços ou com bombas localizadas no leito marinho”, detalhou a Enauta em comunicado. A empresa ressalta que com a falha da bomba de dentro do poço, a bomba do leito marinho de um dos poços foi acionada em 18 de julho de 2021.

A empresa disse que a bomba do leito marinho do outro poço que havia sido paralisado também já foi habilitada e, com isso, os três poços estão em condições operacionais. O retorno da produção com três poços está previsto para agosto de 2021, quando o reparo nos aquecedores de óleo da plataforma deve ser concluído, acrescentou a Enauta, que é operadora de Atlanta com 100% de participação.

A interrupção da produção de petróleo no Campo de Atlanta, na Bacia de Santos

Na noite do dia 05/07, a petroleira Enauta informou em comunicado ao mercado que interrompeu a produção em dois dos três poços do Campo de Atlanta, na Bacia de Santos, enquanto uma falha no sistema de bombeio de ambos também foi descoberta.

Em fato relevante publicado, a Enauta comunica que um dos poços do Campo de Atlanta deve retomar produção na segunda quinzena deste mês, e o segundo tem retorno previsto para o mês de agosto. A petroleira diz ainda em comunicado que por ora, não é esperada mudança material no intervalo de produção divulgado anteriormente pela Enauta.

No comunicado, a empresa ainda citou sobre sua produção no mês de junho, o Campo de Atlanta atingiu seu maior volume produzido no ano, de 17,3 mil barris de óleo por dia. A produção no segundo trimestre do ano foi de 16,7 mil barris de óleo equivalente por dia, um crescimento de 42,7% em relação ao trimestre anterior. A produção média diária acumulada de 2021 atingiu 14,1 mil barris de óleo equivalente.

Veja ainda: Petroleira Enauta assina contratos milionários de concessão de blocos de petróleo e gás onshore adquiridos em dezembro

A petroleira Enauta informou em fato relevante, que assinou os contratos de concessão dos blocos de petróleo e gás arrematados no 2º Ciclo da Oferta Permanente da ANP, realizado em 4 de dezembro de 2020. A Companhia adquiriu 30% de participação em quatro blocos onshore PAR-T-86, PAR-T-99, PAR-T-196 e PAR-T-215, na Bacia do Paraná, em parceria com a Eneva.

A aquisição destes quatro blocos de petróleo onshore marca a entrada da Enauta na Bacia do Paraná, considerada área de fronteira pela baixa quantidade de atividades exploratórias já realizadas na região, permitindo que a petroleira esteja bem posicionada para captar novas possibilidades de negócios. “A Enauta aproveitou essa oportunidade para diversificar sua base de ativos”, disse a empresa.

De acordo com o comunicado, a Enauta prevê investimento da ordem de R$ 15 milhões em atividades exploratórias. Os blocos de petróleo onshore estão localizados nos estados do Mato Grosso do Sul e Goiás, com aproximadamente 11.544 km2 de extensão, área superior à de toda a tradicional Bacia do Recôncavo na Bahia.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos