Home > Sem categoria

Empresário comete suicídio em evento de petróleo em Sergipe

Paulo Nogueira
por
-
04-07-2019 11:56:43
em Sem categoria

Empresário comete suicídio durante evento com participação de ministro e governador de Sergipe. O seminário foi cancelado pelo Ministro Bento Albuquerque que falaria sobre gás.

O empresário gaúcho Sadi Paulo Castiel Gitz, da cerâmica Escurial, cometeu suicídio durante um evento em Aracaju, capital de Sergipe, na manhã desta quinta-feira, 4 de julho. O Governo do Estado de Sergipe lamentou o ocorrido por meio de uma nota pública.

O evento discutiria aspectos relacionados à produção e oferta de gás em Sergipe, as estratégias do Governo Federal e Estadual para a área, além da visão de instituições e empresas envolvidas no tema. No evento, estava presente o Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

Por conta do ocorrido, o Simpósio de Oportunidades foi cancelado, anunciou o governo por meio de nota pública.

No momento em que o empresário atirou contra a própria cabeça, o governador de Sergipe Belivaldo Chagas se pronunciava. A informação é que ele teria se levantado e pronunciado “Belivaldo, você é um grande mentiroso”, em seguida atirou.

De acordo com informações, no mês de maio a fábrica de cerâmica, que Sadi era diretor presidente, localizada no município de Nossa Senhora do Socorro, na Grande Aracaju, deu início ao processo de hibernação.

De acordo com a administração da empresa, a empresa havia perdido mais de 600 empregos diretos e indiretos. O motivo determinante para o processo de hibernação, segundo a empresa, foi o preço do gás cobrado pela Sergipe Gás (Sergas), empresa concessionária do Governo do Estado.

Sobre o empresário

Nascido em Porto Alegre, Sadi Gitz é graduado em Matemática, Engenharia Mecânica e Administração. Pós-graduado em Engenharia Naval e Engenharia de Segurança pela PUC do Rio Grande do Sul, com MBA em Gestão pela Fundação Getúlio Vargas.

No serviço público atuou na Superintendência de Transporte e Trânsito (SMTT) e na Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb). Ex-presidente da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese), atualmente é diretor presidente da Cerâmica Sergipe S/A, fundada por ele em 1986.

As autorizações para as privatizações da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) e da Companhia Riograndense de Mineração (CRM) foram aprovadas na noite desta terça-feira (2) na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.