Empresa desenvolve bateria que se regenera mesmo durante o uso constante em carros elétricos

Valdemar Medeiros
por
-
06-12-2021 11:17:39
em Automotivo, Veículos Elétricos
Baterias do Audi e-tron Divulgação/Audi

A empresa StoreDot decidiu investir em soluções de autonomia na bateria dos carros elétricos. Sendo assim, desenvolveu uma tecnologia que regenera a bateria mesmo durante o uso do veículo

A evolução dos carros elétricos possuem alguns empasses e, com certeza, o maior deles talvez seja a durabilidade e a autonomia que as baterias entregam. Entretanto, a forma de deixa-las mais duradouras, com uma autonomia maior pode ter sido encontrada pela StoreDot, que desenvolveu células que podem se regenerar de forma automática. A tecnologia, que foi patenteada pela empresa, faz com que as baterias dos carros elétricos se recarreguem até mesmo quando o veículo é utilizado. Através de algoritmos e trabalho de hardware, as células com um maior superaquecimento ou desgaste são identificadas pelo sistema e desativadas até serem recuperadas.

Leia outras notícias relacionadas

StoreDot pretende desenvolver baterias custo-benefício

Tecnologia da StoreDot identifica problemas na bateria e os corrige automaticamente (Imagem: Divulgação/StoreDot)

O melhor da nova tecnologia para carros elétricos da StoreDot, é que o motorista não sentirá nenhuma alteração no desempenho do veículo. Para efeito de contextualização, um dos executivos da Toyota chegou a afirmar que o valor das baterias é o fator que torna os carros elétricos bem mais caros do que os veículos convencionais a combustão, e que o melhor a se fazer seria equipar os automóveis zero emissões com células de menor capacidade, como o hidrogênio.

Entretanto, na visão da StoreDot, com o uso desta tecnologia, as baterias terão um aumento em sua vida útil, e consequentemente, poderão sair por um preço mais acessível às montadoras. Além da tecnologia com autorregeneração das baterias, a StoreDot também atua com modelos de carga rápida, com uma velocidade 50% maior do que é utilizada no setor atualmente.

A estimativa é que, até 2024, estas baterias já possam ser vendidas no mercado de elétricos para serem negociadas às montadoras de todo o mundo. Vale ressaltar que a StoreDot também trabalha em sua próxima geração de XED, com baterias de estado sólido de extrema densidade, que terão sua produção em massa em meados de 2028.

Na tentativa de aproveitar os carros a combustão, a Saietta Group desenvolveu um novo motor

Em outro projeto voltado para resolver o empasse das baterias surge o Saietta Group, que criou um novo motor, nomeado de AFT 140, que promete revolucionar o setor de carros elétricos futuramente.

O AFT 140 se trata de um motor de imã permanente que visa transformar os carros elétricos mais eficazes com apenas uma carga. A inclusão do produto na roda dos veículos também permite a redução do número de peças necessárias, isto é, diminui o peso total do conjunto.

Estudos com novas baterias elétricas crescem e dão alternativas aos futuros donos de carros elétricos

Além de projetos separados, outros tipos de baterias para carros elétricos já estão sendo produzidas, como é o caso das baterias de estado sólido, que já começam a ganhar forma.

A empresa evoluindo com os estudos é a Solid Power, Joint Venture entre a Ford e a BMW. A primeira produção teste dessas novas baterias está prevista para começar no próximo ano.

Apesar dessas baterias apresentarem algumas dificuldades em sua produção, elas ofertam uma maior densidade de energia, possuem uma maior expectativa de vida útil e diminuem os custos de produção para as montadoras. Além disso, as células de íon de lítio são vistas como mais suscetíveis a incêndios e explosões por esquentarem muito.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.