Estaleiro Ecovix e chilena Asmar vão construir navio de apoio para a Marinha do Brasil

Flavia Marinho
por
-
29-06-2020 12:09:32
em Petróleo, Óleo e Gás
Estaleiro Ecovix e chilena Asmar vão construir navio de apoio para a Marinha do Brasil Estaleiro Ecovix e chilena Asmar vão construir navio de apoio para a Marinha do Brasil

O documento que confirma as intenções da parceria entre Ecovix e ASMAR será entregue à Marinha do Brasil nesta segunda-feira, 29 de junho.

Boas notícias para a construção naval no Brasil! Ecovix acaba de alinhavar um acordo com a chilena ASMAR, para construir o primeiro navio Polar em seu Estaleiro na cidade de Rio Grande, no Rio Grande do Sul. Petrobras anuncia plano para diminuir seu quadro de marítimos na Transpetro

Leia também

Os últimos detalhes ainda estão sendo acertados pelas companhias. O novo projeto irá ajudar o setor naval brasileiro a se desenvolver ainda mais, adquirindo um conhecimento inédito no país.

Além disso, a Ecovix aposta em uma nova diretoria para dar ma guinada na companhia e retomar sua participação em grandes empreendimentos, o mais novo diretor, Luiz Fernando Pugliesi será responsável pelo desenvolvimento de negócios da empresa.

A união das empresas contam com o apoio da consultoria VSK, para a construção do Navio de Apoio Antártico – que dará suporte à base brasileira no continente, reinaugurada no início deste ano após o incêndio ocorrido em 2012.

O documento que confirma as intenções da parceria entre Ecovix e ASMAR será entregue à Marinha do Brasil hoje (29/06).

Para Ecovix, será um passo importante para a retomada nos negócios. Devido o sul do Chile ser muito próximo ao continente Antártico, os chilenos contam com um vasto conhecimento em embarcações polares.

Luiz Fernando anseia trazer toda essa expertise para o Estaleiro Ecovix, a fim de explorar em um novo mercado da indústria naval no Brasil.

O executivo afirma também que a Ecovix pretende investir em outros novos negócios, “Elaboramos um plano que visa um crescimento considerável na carteira de negócios e temos muito a explorar. O nosso estaleiro é muito bem equipado. Temos tudo para fazer a construção de navios de qualquer porte e acredito que também temos espaço para fazer reparos e manutenção. Existe mercado e estamos buscando as oportunidades. Vamos focar mesmo agora nessa nova possibilidade de construir a primeira embarcação polar no Brasil. E isso me anima bastante”.

A nova estação brasileira na Antártica, Comandante Ferraz, foi reinaugurada no dia 15 de janeiro deste ano apoiada pela Petrobras por meio do Programa Antártico Brasileiro (Proantar) e operada pela Marinha do Brasil, a instalação é destinada a pesquisas científicas nas áreas ambiental, meteorológia, biodiversidade e química, hoje é uma realidade.

Uma nova embarcação, mais moderna e eficiente, está sendo necessária para esse apoio durante todo ano, independente da estação meteorológica.

Além do Proantar, a Petrobras apoia o Plano Setorial para os Recursos do Mar (PSRM), que viabiliza a pesquisa científica e a formação de recursos humanos na Amazônia Azul, e engloba o estudo e monitoramento dos recursos naturais, dos fenômenos oceanográficos e climáticos das áreas marítimas, englobando o ambiente offshore onde a Petrobras atua

por – petronoticias

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.