Empresa cria novo motor para carros elétricos que pode ser instalado nas rodas dos veículos

Motor - carros elétricos - veículos motor na roda do veiculo – créditos : Sapo.pt

Com o objetivo de aumentar a eficácia no mercado de carros elétricos, a empresa Saietta Group criou um motor elétrico que pode ser instalado nas rodas dos veículos

A britânica Saietta Group criou um novo produto voltado para carros elétricos, que é focado no ganho de espaço e eficácia. A empresa inventou um novo motor, conhecido como AFT 140 (tração por fluxo axial) ,que pode revolucionar a indústria automotiva nos próximos anos.

Leia também

Conheça o motor para carros elétricos que pode ser instalado na roda do seu veículo

Carro elétrico com motor nas rodas é melhor do que se pensava – Carros elétricos no Mundo

Após anos trabalhando no projeto para novos carros elétricos, a empresa está pronta para mostrar o AFT 140, um motor de imã permanente sem escova que é totalmente selado. O objetivo da nova tecnologia da Saietta é transformar os carros elétricos mais eficientes com uma única carga.

A inclusão do motor na roda dos carros elétricos também reduz a complexidade da unidade motriz, permitindo a redução no número de peças necessárias, ou seja, diminuindo o peso total do conjunto.

O CEO da Saietta Group, Wicher Kist, afirma que a empresa não pretende se tornar uma fabricante de plataformas, e sim trabalhar com criadores das mesmas, para complementar ao invés de competir com suas inovações.

Motor instalado na roda já foi testado e comprovado em carro elétrico da Renault

Para saber a eficácia do motor nas rodas dos veículos, a Saietta testou a tecnologia em um Renault Twizy. O teste foi feito em Amsterdã, colocando dois modelos Twizy para competir. Um possuía o motor AFT 140 e o outro não, fora isso nada foi alterado. Os veículos dirigiram indefinidamente através de uma gama diversificada de tráfego, temperatura, clima e até mesmo diversas superfícies de estradas, apenas para avaliar se o motor é eficiente ou não.

Os testes foram supervisionados pela empresa New Eletric e concluíram que o AFT 140 traz consigo uma extensão de alcance de 10%. Kist afirmou que a empresa está feliz que os testes independentes tenham mostrado a capacidade técnica do motor elétrico, provando sua melhoria para os carros elétricos. 

Para que os testes fossem feitos de forma limpa, cada um dos veículos foi equipado com um laptop que processava todos os dados de desempenho para a empresa New Eletric. O motivo de utilizar o Twizy nos testes é que ele é um veículo de transição perfeito com qual a Saietta pode medir o quanto de batida o seu novo motor elétrico pode aguentar.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.