Central Nuclear de Angra recebe a visita de ministros e autoridades do setor elétrico

Angra 3

Visita a Angra teve comitiva envolvendo dois ministros, de Minas e Energia e chefe da Secretária-geral da Presidência e destacou sua importância para o atual governo

O ministro das Minas e Energia, Bento Albuquerque, cumpriu o que prometeu durante um encontro com o prefeito de Angra dos Reis, Fernando Jordão em junho. Na ocasião o Governo anunciou medidas que retomariam a Construção Naval e indústria nuclear de Angra dos Reis. 
A promessa era que o ministro viria à Angra para visitar as Usinas nucleares e assim deixar claro para investidores e população que o planejamento é mesmo retomar e terminar as obras da usina de Angra 3, paralisadas desde 2015.

Pois bem, a Central Nuclear de Angra recebeu ontem (07/10) uma comitiva governamental, que visitou o canteiro de obras de Angra 3 e o galpão onde estão seus equipamentos.

A comitiva era composta, além de Bento albuquerque, pelo ministro chefe da Secretária-geral da Presidência da República, Jorge Antônio Oliveira, e dos dirigentes do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

O ministro das Minas e Energia declarou durante a visita que: “A visita foi muito esclarecedora. Meu objetivo agora é organizar um novo encontro, desta vez com as autoridades da área econômica, para que eles possam ecoar a importância desse relevante empreendimento”.

O anfitrião do encontro, o presidente da Eletronuclear, Leonam Guimarães, falou sobre a importância da visita, “É uma visita inédita com a presença de dois ministros de Estado e a cúpula do setor elétrico. É a demonstração clara da importância que hoje é dada à geração elétrica nuclear”.

As obras da Usina Nuclear de Angra 3 foram paralisadas em 2015, logo após os escândalos de corrupção denunciados pela operação lava jato, que culminou com a prisão do presidente da Eletronuclear na ocasião, Othon Pinheiro, que também é físico nuclear.
O governo prometeu para esta ano ainda o lançamento do edital para definir o parceiro na retomada da obras e coloca-la em operação até 2026.

Leia também ! Gás do Comperj terá a construção de Ponto de Recebimento no Rio de Janeiro !

Renato Oliveira

About Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)