Células de energia solar transparente poderão ser utilizadas nas janelas da sua casa, este é o futuro da energia renovável

Valdemar Medeiros
por
-
22-09-2020 10:47:51
em Energia Renovável
energia solar - células solar painel de energia solar transparente

Células de energia solar transparente poderão ser utilizadas nas janelas da sua casa, este é o futuro da energia renovável

Uma equipe de pesquisa da Universidade de Michigan disse que estabeleceu um novo recorde de eficiência para células de energia solar transparente e com cores neutras. Em vez de seguir o design convencional baseado em silício, a equipe atingiu 8,1% de eficiência e 43% de transparência com um design orgânico/carbono. As células de energia solar carregam uma tonalidade verde, mas lembra a cor cinza dos óculos de sol e janelas de automóveis.

Leia também

De acordo com o pesquisador principal Stephen Forest, essas células solares orgânicas são compatíveis com janelas que cobrem a fachada da maioria dos edifícios. As células orgânicas oferecem a combinação vencedora de alta eficiência e alta transparência, o que o silício não oferece.

Célula de energia solar transparente tem vida útil de 10  anos

celula de energia solar transparente
energia solar do futuro

Mercom havia relatado anteriormente sobre cientistas australianos, liderados por membros do ARC Centro de Excelência em Exciton Science, que publicou um artigo de pesquisa afirmando que eles tiveram sucesso na produção de células solares de perovskita semitransparentes que geram eletricidade. Essa descoberta pode permitir que janelas em edifícios e automóveis gerem eletricidade.

Recentemente, os pesquisadores da Iowa State University  disseram que descobriram uma forma inovadora de estabilizar as células de perovskita em altas temperaturas. Eles desenvolveram uma técnica que tornou o material mais estável em altas temperaturas, mas que acaba diminuindo a vida útil para 10 anos.

Você poderá ter energia solar em sua janela com as celulas solares transparentes

O novo material é uma combinação de moléculas orgânicas projetadas para serem transparentes no visível e absorventes no infravermelho próximo, uma parte invisível do espectro responsável por grande parte da energia da luz solar. Além disso, os pesquisadores desenvolveram revestimentos ópticos para aumentar tanto a potência gerada pela luz infravermelha quanto a transparência na faixa visível – duas qualidades que geralmente competem entre si.

A versão de cor neutra do dispositivo foi feita com um eletrodo de óxido de índio e estanho. Um eletrodo de prata melhorou a eficiência para 10,8%, com transparência de 45,8%. No entanto, a tonalidade ligeiramente esverdeada dessa versão pode não ser aceitável em alguns aplicativos de janela.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.