Início Multinacional Mota-Engil, líder nos setores de construção civil, quer formar, contratar e dar visto de trabalho em Portugal para BRASILEIROS

Multinacional Mota-Engil, líder nos setores de construção civil, quer formar, contratar e dar visto de trabalho em Portugal para BRASILEIROS

27 de julho de 2022 às 14:15
Compartilhe
Siga-nos no Google News
emprego - Portugal - trabalhar em Portugal - morar em Portugal - morar no canadá - trabalhar no canadá - visto de trabalho - canadá
Brasil e Portugal tem boas relações comerciais e culturais – Fonte: Divulgação

Se você sonha em trabalhar e morar em Portugal, esta é a grande oportunidade! Mota-Engil vai promover nos países lusófonos uma ação de formação e capacitação de trabalhadores no setor da Construção Civil!

Atenção brasileiros profissionais da construção civil, o Grupo Mota-Engil vai promover nos países lusófonos uma ação de formação e capacitação de trabalhadores no setor para que possam ir trabalhar e conseguir um emprego de forma legal na empresa portuguesa em Portugal com contrato de trabalho e visto de trabalho de um ano renovável!

“Os trabalhadores serão integrados na Mota-Engil com contrato de trabalho e visto de trabalho de um ano (renovável)”, assegura a Mota-Engil numa nota enviada ao jornal É@GORA, sublinhando que a iniciativa será desenvolvida em parceria com o Instituto de Formação dos Países de Língua Oficial Portuguesa (IF-CECPLP). 

Artigos recomendados

Necessidade de mão de obra na construção civil incentiva Mota-Engil ofertar vagas de emprego para brasileiros e outros profissionais de países lusófonos

Segundo a empresa, o primeiro grupo beneficiado deste projeto foi constituído por trabalhadores das áreas da carpintaria e alvenaria proveniente da Guiné-Bissau, que foram integrado em três obras em Lisboa, diz a empresa portuguesa de Construção Civil. 

“Com uma seleção criteriosa, a iniciativa da Mota-Engil e da IF-CECPLP decorrerá com um programa de formação e capacitação no país de origem dos trabalhadores, facilitando a sua integração social e profissional em Portugal, contribuindo, desta forma, para o combate à imigração irregular e de risco e com vista à resolução da necessidade de trabalhadores no setor da Construção Civil em Portugal”, lê-se na nota enviada ao jornal É@GORA.

Com o propósito de contribuir “também para a imigração regular e integrada”, a Mota-Engil afirma que a iniciativa de formação, capacitação e contratação de Trabalhadores da CPLP para o território português “pretende criar oportunidades de emprego em Portugal para trabalhadores estrangeiros, nomeadamente da CPLP, promovendo a cooperação e promoção da língua portuguesa”.

Para a materialização deste objetivo vai realizar-se no último dia 20 de julho, quarta-feira, no Estaleiro da Mota-Engil no Porto Alto, uma cerimónia de receção dos novos trabalhadores guineenses, contratados ao abrigo deste programa.

Participaram da apresentação entre a Mota-Engil e a IF-CECPLP: o Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Francisco André; do Secretário de Estado do Trabalho, Miguel Fontes; do Secretário Executivo da CPLP, Zacarias da Costa; e do Presidente do Conselho de Administração do Grupo Mota-Engil, António Mota. 

A Mota-Engil Engenharia, empresa com um percurso de mais de 70 anos, ostenta um dos mais antigos alvarás no setor da Construção Civil emitidos em Portugal.

Canadá admite brasileiros e imigrantes para preencher quase um milhão de vagas de emprego nas áreas da construção civil, logística, saúde e mais; não há limite de idade para os candidatos!

Se você sonha em trabalhar e morar no Canadá, se prepara para a maior feira de Imigração, Estudo e Trabalho do Canadá, no Brasil! Nunca o currículo dos brasileiros e de outros imigrantes foram tão desejado pelas empresas do Canadá como agora. Segundo o Statistics Canada, há mais de 915 mil vagas de emprego para uma carreira sólida no país, onde profissionais que almejam novos horizontes na carreira, de diversas áreas, cargos e níveis são convocados.

O Canadá deseja suprir o problema de déficit populacional e pretende admitir mais de 1,2 milhão de moradores permanentes até 2023. “E os brasileiros são muito bem vistos pelas empresas quebequenses em função da competência e da facilidade de adaptação cultural”, comenta Elisa Rinco, diretora de mobilidade internacional da Québec International.

E o país precisa de imigrantes para preencher as vagas de emprego abertas. Além de ter uma das taxas de natalidade mais baixas do mundo, sua população também é uma das mais velhas do mundo, com 18% tendo 65 anos ou mais.

Confira o evento que vai acontecer em São Paulo Recife e Salvador entre os dias 08 e 16 de outubro. Veja o cronograma completo e mais informações pelo siteATENÇÃO Para as vagas que existem no Canadá deve-se cumprir criterios de eligibilidade de visto e etc. A Expo Canada 2022 NÃO presta serviços que estejam conectados a está questão. Apenas discutem estrategias para aqueles que queiram buscar emprego no país.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes