BlockRock anuncia investimentos de R$ 4,8 bilhões em energia renovável

Roberta Souza
por
-
14-04-2021 18:47:45
em Energia Renovável
energia renovável - energia Fonte de energia renovável/ Fonte: Energia em Conserva

A BlockRock anunciou que irá investir cerca de U$$ 4,8 bilhões em energia renovável; É o terceiro fundo de investimentos da maior gestora de fundos de aportes do mundo

A maior em gestão de ativos no mundo irá aplicar investimentos no segmento de ativos de energia renovável.  A BlockRock irá investir US$ 4,8 bilhões, que segundo informações da Bloomberg, esse número é quase o dobro de sua meta original. A empresa já tem mais de 7,2 trilhões de ativos em todo o mundo.

Investimentos em energia renovável

Este será o terceiro fundo global de energia renovável estabelecido pela BlockRock, que já atraiu fundos de mais de 100 investidores institucionais. Este é o mais recente sinal do crescente interesse dos investidores em comprar a crescente indústria de energia renovável.

A BlackRock planeja investir principalmente em ativos eólicos e solares na Europa, Estados Unidos e alguns países da região Ásia-Pacífico, tais como a Coréia do Sul, Japão e Taiwan. Ele assinou um acordo relacionado à energia eólica offshore na Ásia. Os investimentos a serem realizados não incluem biomassa de cana.

Crescimento em investimentos em energia limpa

Jim Barry, diretor de investimentos da BlackRock Alternatives Investors, diz que está acontecendo grandes mudanças em decorrência da descarbonização mundial e com isso, grandes empresas desejam investir no ramo de energia renovável. Este é de longe o maior fundo de energia renovável da BlackRock Real Estate, quase três vezes o tamanho do fundo anterior.

Embora no passado a BlackRock comprasse principalmente ativos de energia renovável prontos para uso ou operáveis, desta vez está diversificando em projetos em estágio inicial e também está comprando para desenvolvedores. O fundo também buscará investir em outras tecnologias, como medidores inteligentes, redes inteligentes e infraestrutura de veículos elétricos.

Confira também:

Apple realiza aporte em armazenamento de energia renovável

A Apple disse que vai estabelecer e fazer novos investimentos no centro da Califórnia para construir uma instalação de armazenamento de energia renovável baseada em bateria próxima à instalação solar que já fornece energia para todas as instalações. Tal projeto tem como objetivo reduzir a emissão de dióxido de carbono.

Segundo a Apple, o projeto visa atrair novos investimentos em energia renovável e vai armazenar 240 MWh de energia, ou o suficiente para abastecer mais de 7.000 residências por dia. Ele está localizado perto da instalação solar California Plains, no sudeste do Condado de Monterey, a cerca de 160 quilômetros a sudeste da sede da Apple em Cupertino, na Califórnia.

O local envia 130 megawatts de eletricidade diretamente para a fábrica da Apple na Califórnia durante o dia, mas não fornece eletricidade durante os períodos de escuridão. Lisa Jackson, vice-presidente de iniciativas ambientais, políticas e sociais da Apple, disse em uma entrevista que a empresa planeja desenvolver o que considera ser um dos maiores sistemas de armazenamento baseado em bateria dos Estados Unidos.

Projetos sustentáveis da Apple

A Apple está constantemente investindo em novas ferramentas para seus fornecedores para atingir seus objetivos de energia renovável e trazer nova energia limpa para comunidades em todo o mundo. Na Europa, o “contrato de compra de energia eólica” da DSM Engineering Materials está trazendo nova energia limpa para a rede elétrica holandesa, e a garagem solar da STMicroelectronics no Marrocos fornece suporte para a produção regional de energia.

Depois de ingressar no programa de fornecedores limpos da Apple há cinco anos, empresas como a Solvay agora estão expandindo o uso de fontes renovável para uma gama maior de negócios. Nos Estados Unidos, Alpha e Omega Semiconductor, Marian, The Chemours Company e Trinseo trabalharam recentemente no projeto. Desde julho de 2020, 15 fornecedores na China aderiram ao programa da Apple.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos
fwefwefwefwefwe