Bioenergia prevê mais de 4 bilhões de reais em negócios este ano

Bionergia faturará 4 bi de reais

Fenasucro vai injetar cerca de R$ 58,5 milhões na economia de Ribeirão Preto e região, comprovando bom momento dos negócios da Bioenergia

Em alinhamento com o bom momento pelo qual passa a geração através da Bioenergia, a tradicional Feira Internacional de Tecnologia Sucroener­gética (Fenasucro & Agrocana) ganha sua 27° edição entre os dias 20 e 23 de agosto em Sertãozinho, São Paulo.
A edição deste ano tem a previsão de gerar mais de R$ 4 bilhões em negócios e o público aguardado é de aproximadamente 39 mil visitantes compradores.

A feira é o maior evento do mundo voltado ao setor de Bioenergia e além dos negócios deve injetar na economia da cidade de Ribeirão Preto e da região cerca de R$ 58,5 milhões. pois estima-se que cada visitante gaste, em média, R$ 1,5 mil durante o evento.
O evento acontecerá no Centro de Eventos Za­nini, em Sertãozinho.

A Bioenergia como geradora de empregos

Somente nos 4 dias de feira a previsão é que cinco mil empregos, diretos e indiretos seja gerados. Segundo dados da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), o setor sucroenergé­tico sempre se destacou como forte gerador de empregos e hoje possui cerca de 2,4 mi­lhões de postos de trabalho, diretos e indiretos.

Segundo os organizadores da feira de Bioenergia, a estimativa é que o faturamento supere em 10% o do ano passado e chegue perto de R$ 4,4 bilhões.
Comparecerão à edição deste ano, representantes de 100% das usinas do Brasil e de outros 43 países, além de mais de mil marcas expositoras com apresentação de cerca de três mil produtos.

A expectativa dos organizadores é faturar 10% a mais do que os R$ 4 bilhões da edi­ção do ano passado, chegando perto de R$ 4,4 bilhões. Em 2018, o crescimento financeiro foi de 7% em relação a 2017, com aporte de R$ 200 milhões, chegando a R$ 4 bilhões.

Leia também ! Angra 3 retoma as obras em 2020, segundo comitê do governo !

Renato Oliveira

About Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)