Bioenergia do Brasil, gigante em energia renovável, deverá ser leiloada nos próximos devido à altos prejuízos

Ruth Rodrigues
por
-
23-08-2021 20:20:29
em Energia Renovável
Mesmo sendo uma empresa bastante conceituada em energia renovável, a Bioenergia do Brasil não conseguiu faturar o suficiente para sair da crise. Mesmo sendo uma empresa bastante conceituada em energia renovável, a Bioenergia do Brasil não conseguiu faturar o suficiente para sair da crise. Fonte: Divulgação

Mesmo sendo uma empresa bastante conceituada em energia renovável, a Bioenergia do Brasil não conseguiu faturar o suficiente para sair da crise.

Na última sexta-feira, (20), a consultoria Datagro anunciou que em breve, a usina Bioenergia do Brasil será disponibilizada no mercado para que quem possui interesse, possa comprá-la. Até o momento, não há mais informações pertinentes acerca de quanto custará ou quais seriam as condições de compra. Pelo fato de ser uma empresa conceituada no ramo de cana-de-açúcar, combustível e energia renovável, o valor poderá ser na casa dos milhões.

No entanto, a usina ainda está passando por uma série de trâmites legais até que possa ser leiloada. A situação atual é que, um plano de recuperação judicial está aguardando um veredito da justiça para dar prosseguimento com as negociações. Após a homologação da justiça, um edital será pulicado, para aqueles que possuem interesse possam se preparar. No documento, constará explicações acerca dos os termos, condições, valores e quando a venda será realizada.

Artigos que podem ser interessantes:

Bioenergia do Brasil, empresa no ramo de energia renovável será leiloada devido a prejuízos

Desde 2003, a empresa vem registrando consecutivos prejuízos. Para se ter uma noção, somente no ano passado, a Bioenergia do Brasil obteve como resultado líquido, um valor bem abaixo do esperado, perfazendo um total de somente, R$ 42,87 milhões. Para tentar salvar o empreendimento, diversos empréstimos e outros tipos de financiamentos foram realizados. No entanto, isso só contribuiu para que a dívida crescesse e ficasse acumulada em R$ 295,16 milhões.

Portanto, a situação de uma das maiores empresas no setor de energia renovável no Brasil está alarmante. Dessa forma, após tantas tentativas para salvá-la, a única opção encontrada está sendo vendê-la. O valor descrito acima, foi obtido em 31 de dezembro, e nesses últimos 8 meses, um acréscimo poderá ter acontecido nos prejuízos. Mesmo estando bastante endividada, a empresa consegue ter um bom desempenho.

Por exemplo, em relação a cana-de-açúcar, a unidade consegue moer diariamente, cerca de 10 mil toneladas. Suas outras produções diárias são: 400 milhões de litros de anidro, 600 milhões de litros de etanol hidratado e 700 toneladas de açúcar VHP. Já em relação a sua contribuição com a energia renovável, a Bioenergia do Brasil consegue gerar diariamente, até 165 MWh. Mas, somente para essa nova safra, a expectativa é que a sucroenergética consiga obter um total de 1 milhão de toneladas em moagem.

É vantajoso comprar a Bioenergia do Brasil?

Quando questionado, o advogado que está a frente do caso, Jorge Mattar, revela que, devido a crise que se instalou com a chegada da pandemia, foi um grande contribuinte para que essa situação pudesse estar acontecendo agora. Para ele, “Com a pandemia, a negociação com os credores acabou se estendendo por período maior que o previsto, mas o plano de recuperação judicial foi aprovado em assembleia geral de credores no final de junho de 2021”.

A partir do momento em que a empresa for colocada para leilão, o valor arrecadado será utilizado para quitar as suas dívidas. E o valor que sobrar, será utilizado para impulsionar as demais empresas que constituem o grupo, sendo essas voltadas para o setor agrícola. No entanto, a companhia conseguiu efetuar algumas vendas de etanol no início do ano, que estão previstas para serem entreguem no decorrer dos próximos meses.

Sendo assim, quem adquirir a Bioenergia do Brasil, não terá que arcar com seus contratos ou dívidas pendentes. Porém, há somente um contrato ativo com a usina Floralco, em Flórida Paulista (SP). Esse está previsto para encerrar somente em 2038. Caso quem arremate a empresa que está sendo leiloada, poderá optar por continuar ou pedir a rescisão do contrato.

No entanto, é válido ressaltar que, a Bioenergia do Brasil e a Floralco, conseguem moer diariamente, cerca de 22 mil toneladas de cana, 1,2 bilhão de litros de etanol e 1,3 mil toneladas de açúcar VHP. Sendo no final do dia, uma empresa no setor de energia renovável, liberando energia limpa no ambiente.

Tags:
Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.
fwefwefwefwefwe