Além da queda na produção da Petrobras, ANP informa que produção de petróleo no Brasil caiu 6%

Roberta Souza
por
-
27-04-2021 18:23:12
em Petróleo, Óleo e Gás
ANP – petróleo – Petrobras Plataforma de petróleo/ Fonte: Exame

Reuters disponibiliza dados da ANP sobre a produção de petróleo no 1º tri; resultados apontaram que tal queda teve forte influência da Petrobras

Os dados da ANP – Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, divulgados nesta segunda-feira (26/04) através da Reuters, mostram que a produção de petróleo do Brasil teve uma queda no 1º trimestre de 6% comparado ao mesmo período do ano passado. Tal diminuição na produção de petróleo teve grande influência da Petrobras, devido a recuo na produção.

ANP mostra dados da produção de petróleo e gás natural do 1° tri

No 1º trimestre de 2021, a média da produção de petróleo do Brasil foi de 2,8 milhões barris por dia e a produção de gás natural no período foi de 131,2 milhões m³/d. Em comparação com o mesmo período do ano passado, a produção de petróleo foi de 3 milhões de barris por dia; a produção de gás natural neste ano teve um aumento de 1%, segundo dados da ANP.

A Petrobras obteve produção de petróleo de 2,1 milhões de barris por dia no período de janeiro a março deste ano. Segundo a ANP, houve queda de 5%. A estatal, que é responsável por 75% da produção no Brasil, em termos de produção de gás natural, também obteve uma queda de 1%, produzindo 96,5 milhões de metros cúbicos por dia, mostram dados da ANP.

A Petrobras informou que irá divulgar hoje (27/04) o seu relatório de produção de petróleo e gás natural no 1º trimestre. A ANP não apontou os motivos por tal recuo na produção da estatal, o relatório que será divulgado deve mostrar tais informações.

A Shell, petrolífera anglo-holandesa, que é a segunda maior em termos de produção no Brasil e a principal sócia da Petrobras, correspondeu por 12% da produção de petróleo no 1º trimestre. A ANP mostrou que a empresa que atua na extração e refino, produziu cerca de 343,7 mil barris de petróleo por dia – um recuo de 8% quando comparado ao mesmo período do ano de 2020.

Produção de petróleo no último mês do 1º trimestre

No mês de março, a ANP mostrou que a produção de petróleo brasileira foi de 2,84 milhões de barris por dia e a produção de gás natural foi de 126 milhões de metros cúbicos. Tais dados mostram, de forma respectiva, um recuo de 4,3% na produção de petróleo e um aumento de 3,5% de gás natural, em comparação ao mesmo período do ano passado.

Já a Petrobras teve uma produção de petróleo de 2 milhões de barris por dia e de gás natural um total de 95,45 milhões de metros cúbicos por dia – dados da ANP mostram uma queda de 5% e 0,2% respectivamente.

Petrobras faz devolução de bloco exploratório à ANP

Arrematado em 2017 durante o 3º leilão do pré-sal, o bloco exploratório Peroba foi devolvido para a ANP pelo consórcio feito pela Petrobras, BP e CNODC – respectivamente 40%, 40% e 20% de controle da área. O local é o primeiro insucesso de aquisição em partilha de produção, trazido de volta pelo ex-presidente Michel Temer.

A ANP divulgou que no bloco exploratório foi furado somente um poço, em lâmina d’água de 2,1 mil metros e 300 km ao sul do Rio de Janeiro. A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, disse que no local foi identificado uma acumulação de gás, tendo o CO2 como fluido principal. Petrobras, BP e CNODC devolveram à ANP toda a área em janeiro.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos