A multinacional alemã EagleBurgmann investirá cerca de R$ 20 milhões em nova fábrica no SP

Paulo Nogueira
por
-
11-05-2021 19:36:49
em Economia, Negócios e Política
EagleBurgmann Grupo Freudenberg SP fábrica Projeto da fábrica em Valinhos (SP)/ Fonte: EagleBurgmann

Presente em quase toda América do Sul e com forte tradição em território brasileiro, a subsidiária do Grupo Freudenberg vai mudar seu sistema fabril para ganhar mais agilidade e otimização nas operações

Maio, 2021 – A EagleBurgmann do Brasil, subsidiária do Grupo Freudenberg, anuncia a mudança da sua sede de Campinas (SP) para uma nova fábrica em Valinhos (SP), com previsão de conclusão em novembro de 2021. Esse prazo ainda depende de assinaturas de documentos e licenças, que podem ter os prazos alongados, em função da pandemia de COVID-19.

A decisão envolveu critérios estratégicos pautados, inclusive, pelo posicionamento do Grupo Freudenberg em promover sinergias de negócios e operações entre suas diferentes Unidades de Negócio. Com a ida a Valinhos, a empresa será a terceira do Grupo na cidade, que já abriga, no mesmo distrito industrial, as plantas da Chem-Trend e SurTec. 

A nova fábrica ocupará um terreno de 12.375 m² e contará com uma área construída de 3.208 m². Haverá, também, 1.000 m² preparados para expansão futura. Foi projetada com base em conceitos de sustentabilidade ambiental, eficiência energética, modernidade, conforto das instalações e aumento da capacidade produtiva, resultado da aquisição de máquinas mais modernas, layout mais racional e possibilidade de trabalho em turnos.  

A mudança ainda propiciará melhor atendimento aos clientes, maior integração entre os colaboradores, além de garantir sustentabilidade do negócio em longo prazo, absorvendo o crescimento futuro de demanda de vendas de produtos e serviços. 

“A retenção dos nossos talentos é uma premissa absolutamente relevante desse projeto, alinhado com nossos princípios e valores, reconhecendo as pessoas como um grande diferencial da nossa empresa”, comenta Rodrigo Vilela, Diretor Geral da EagleBurgmann para a América Latina.  

Como uma demonstração clara por parte da EagleBurgmann e do Grupo Freudenberg na continuidade da estratégia de investimento no Brasil e na América do Sul, serão investidos diretamente na nova fábrica aproximadamente R$ 20 milhões, incluindo a compra do terreno, construção da fábrica, máquinas e equipamentos. 

“Também faremos investimentos em novos equipamentos, o que permitirá a modernização do parque fabril e maior velocidade de resposta aos nossos clientes, além de outros aspectos igualmente importantes para o negócio, como eficiência operacional, competitividade e sustentabilidade”, finaliza Vilela.  

Sobre a EagleBurgmann 

A EagleBurgmann do Brasil, presente no País desde 1978, é uma subsidiária do Grupo Freudenberg. A empresa produz, comercializa e oferece suporte técnico e serviços de reparação em selos mecânicos, acoplamentos magnéticos, acessórios, juntas de expansão, gaxetas e juntas estáticas, acoplamentos diafragmas, conforme a necessidade de cada cliente. A empresa atende em todo o território nacional e demais países da América do Sul, por meio de seus Centros de Serviços e Filiais, localizados nas cidades de Campinas (SP), Belo Horizonte (MG), Lauro de Freitas (BA), Macaé (RJ), Porto Alegre (RS), Buenos Aires (Argentina) e Santiago (Chile). 

Fonte: ADS Comunicação Corporativa

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.