A fabricante de embalagens de vidro, Owens-Illinois, investirá R$ 1 bilhão na construção de novas fábricas

Roberta Souza
por
-
14-10-2021 16:36:21
em Indústria e Construção Civil
Fábrica – construção Fábrica da Owens-Illinois/ Fonte: Exame

A construção das novas fábricas da multinacional americana faz parte de um pacote de US$ 180 milhões dedicado entre 2022 e 2024, ao aumento de produção.

A maior fabricante de embalagens de vidro do mundo, a multinacional americana Owens-Illinois (O-I), vai investir cerca de R$ 1 bilhão na construção de duas novas fábricas no Brasil, no primeiro movimento de expansão de capacidade efetiva da indústria local nos últimos dez anos. A informação foi veiculada na sexta-feira (6), pelo jornal Valor Econômico. Leia também esta notícia: Empresa farmacêutica investirá R$ 70 milhões para a construção de nova fábrica, em Minas Gerais

Pacote de investimentos da multinacional americana

Segundo divulgado pelo site AMANHÃ, o investimento da Owens-Illinois faz parte de um pacote de US$ 680 milhões, que será dedicado pela multinacional, entre 2022 e 2024, ao aumento de produção em mercados que enfrentam restrição de oferta e à introdução de uma tecnologia que transforma o processo de produção do vidro. De acordo com a matéria, atualmente entre 10% e 15% da demanda brasileira de garrafas é suprida por importações.

“As fábricas começam a produzir no terceiro trimestre de 2023 e, já no verão, o mercado terá voltado ao equilíbrio”, informou o presidente da companhia para a América do Sul, Hugo Ladeira, ao Valor. As duas novas unidades ficarão no eixo Rio-São Paulo e na região Sul, mas a localidade exata ainda está sendo debatida com clientes.

Uma das novas fábricas poderá ser construída no Sul

O objetivo com essas conversas, de acordo com a reportagem, é encurtar o raio entre fábrica e cliente, uma vez que o frete tem peso relevante nos custos da embalagem – a depender da distância, pode custar mais do que a própria garrafa ou pote. A nova produção, que eleva em 15% a 20% a capacidade total da indústria brasileira, ou em mais de 650 milhões de unidades por ano, está integralmente negociada e as obras serão iniciadas entre novembro e dezembro.

União Brasileira de Vitivinicultura (Uvibra) tem atuado na busca de investidores com a intenção de trazer para o Rio Grande do Sul, onde se concentra 90% da produção nacional, uma nova fábrica de vasilhames. A primeira reunião ocorreu com um grupo de empresas na época. Elas haviam manifestado interesse de investir na Serra Gaúcha, diante da existência de dutos de gás na região e da facilidade logística por estar junto ao maior polo de produção vitivinícola do Brasil. No entanto, a Uvibra declarou ao Blog que não teve tratativas com a companhia norte-americana.

Confira ainda: A CAB Motors investirá R$ 100 milhões na construção de uma nova fábrica de jipes, em Santa Catarina

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, se reuniu com empresários da CAB Motors para dialogar sobre a instalação de uma nova fábrica de jipes. A empresa que produz o jipe Stark, tem a intenção de instalar uma planta em Imbituba, no sul do estado de Santa Catarina, em um investimento de aproximadamente R$ 100 milhões, que deve gerar 300 empregos diretos.

Empresários do grupo foram recebidos para tratar do assunto com o chefe do Executivo estadual e secretários. “Estamos empolgados com o projeto e queremos ser parceiros. Vamos formar um grupo de trabalho para analisar as condições da empresa e tentar trazer mais este investimento da fábrica para Santa Catarina, que trará mais emprego e renda”, afirmou o governador. A CAB Motors tem a intenção de instalar sua nova fábrica de na região de Imbituba, no sul do estado de Santa Catarina, por conta da Zona de Processamento e Exportação, que oferece vantagens fiscais. O grupo de trabalho para dialogar com a empresa será capitaneado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE).

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos
fwefwefwefwefwe