90% dos brasileiros apoiam a geração de eletricidade por meio de energia solar, eólica ou outra fonte renovável

Roberta Souza
por
-
24-08-2020 20:22:15
em Energia Renovável
energia renovável, eletricidade, solar, eólica painéis solares (fonte de energia solar) e turbinas geradoras de energia eólica

Pesquisa feita pelo Ibope encomendada pela Abraceel mostra que interesse por eletricidade proveniente de energia renovável (solar, eólica ou outra) cresceu no Brasil

O Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística, o IBOPE, mostrou em uma pesquisa que um total de 90% dos brasileiros querem e apoaim a geração de eletricidade por meio de fonte renovável, sendo ela energia solar, eólica ou outras. Uma mesma pesquisa no ano de 2014, mostrava que o total era de 77%.

Márcio Takata, diretor da Greener disse “Tivemos uma redução de custos nos últimos anos e uma ampliação nas linhas de financiamento. Então, cada vez mais temos a participação do público jovem, que começa a olhar a geração distribuída como oportunidade de investimento. Ademais, temos um público que também valoriza muito a geração renovável sustentável e isso, consequentemente, contribui no interesse deles em sistemas fotovoltaicos”.

Veja ainda outras notícias:

A relação do interesse pelos renováveis e o nível de escolaridade do consumidor

A Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia – Abraceel – informou que de acordo com o nível de escolaridade, essa escolha pode ser estimada. Cidadãos com maiores níveis de escolaridade tem um maior interesse por este tipo de geração energética (solar, eólica ou outra fonte). Já aqueles com o estudo até quarto ano do ensino fundamental completo, o índice é menor.

Reginaldo Medeiros, presidente da Abraceel, explica “Interessante notar que essa vontade de gerar sua própria energia elétrica fica em 90% e está presente igualmente nas três condições de município (capital, periferia e interior) analisadas. Além de mostrar uma preocupação crescente com a conscientização ambiental, a pesquisa mostra que o brasileiro está cansado do modelo atual e sabe que paga caro pela conta de luz”.

Esse forte interesse dos consumidores em ter uma fonte de energia renovável está diretamente ligada ao desenvolvimento econômico competitivo e sustentável pós-pandemia da Covid-19 de acordo com Rodrigo Sauaia, presidente da ABSOLAR. “Além disso, esse interesse está ligado também a redução dos preços de equipamentos fotovoltaicos e o aumento crescente das tarifas de eletricidade dos consumidores”, ele completa.

Já para a diretora comercial da Win Energias Renováveis, Camila Nascimento, diz que a cada dia, mais clientes conscientes estão interessados em energia sustentável. Camila diz que “Além de proporcionar essa oportunidade ao consumidor, o setor solar tem sido uma fonte progressiva de empregos e impulsionamento da economia brasileira”.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos