Início Usina Coruripe e Rumo inauguram terminal para transporte rodoferroviário de açúcar com investimento de R$ 95 milhões, gerando mais de 300 vagas de emprego para moradores da região

Usina Coruripe e Rumo inauguram terminal para transporte rodoferroviário de açúcar com investimento de R$ 95 milhões, gerando mais de 300 vagas de emprego para moradores da região

13 de junho de 2022 às 09:21
Compartilhe
Siga-nos no Google News
A companhia sucroenergética Usina Coruripe inaugurou, junto da empresa logística Rumo, um novo terminal para transporte rodoferroviário de açúcar no estado de Minas Gerais. Para a movimentação da produção do recurso no Triângulo Mineiro, além de gerar novas vagas de emprego.
Foto: Usina Coruripe — João Neto.

A companhia sucroenergética Usina Coruripe inaugurou, junto da empresa logística Rumo, um novo terminal para transporte rodoferroviário de açúcar no estado de Minas Gerais. Para a movimentação da produção do recurso no Triângulo Mineiro, além de gerar novas vagas de emprego.

A Usina Coruripe, uma das principais empresas do ramo sucroenergético no Brasil, inaugurou nesta última quinta-feira, (09/06), um novo terminal para transporte rodoferroviário de açúcar na região de Iturama, em Minas Gerais. O empreendimento faz parte de uma parceria com a empresa multimodal Rumo e contou com um investimento total de R$ 95 milhões para garantir mais eficiência no escoamento da produção do recurso na região do Triângulo Mineiro ao longo das próximas semanas. Onde irá gerar mais de 300 oportunidades de empregos para a população.

Terminal de transporte rodoferroviário Comendador Rubem Montenegro Wanderley é inaugurado pela Usina Coruripe e pela Rumo no estado de Minas Gerais.

A cidade de Iturama, no estado de Minas Gerais, foi sede da inauguração do novo terminal de transporte rodoferroviário da Usina Coruripe e da companhia Rumo. O empreendimento se chama Comendador Rubem Montenegro Wanderley é a mais nova unidade de  transbordo rodoferroviário conectada ao trecho da Ferrovia norte-Sul sob concessão da companhia (batizado pela empresa de Malha Central). Dessa forma, o escoamento da produção de açúcar na região se tornará ainda mais eficiente com o novo terminal. 

Artigos recomendados

Junto da sua parceria com a empresa Rumo para a concessão da ferrovia norte-sul na região, a companhia da indústria sucroenergética Usina Coruripe investiu um total de R$ 95 milhões para o desenvolvimento do terminal. Além disso, as empresas destacaram que o novo terminal de transporte rodoferroviário tem capacidade total para realizar o transporte de mais de dois milhões de toneladas de açúcar ao longo do período de um ano.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

Com isso, o Triângulo Mineiro agora consegue mais uma rota de escoamento da produção do recurso para tornar ainda mais eficiente a comercialização de mercadorias. 

Ademais, o terminal de transporte rodoferroviário Comendador Rubem Montenegro Wanderley não ficará restrito às operações da Usina Coruripe para a movimentação de açúcar na região. Isso, pois, a empresa anunciou bandeira branca com a Rumo para que outras companhias que tenham interesse na logística multimodal que conecta ferrovias e rodovias possam utilizar o terminal para o transporte de mercadorias. Assim, o contrato será operado em regime de consórcio, reduzindo custos e elevando a produtividade do transporte, com a Rumo Logística ficando responsável pelo transporte do açúcar até o Porto de Santos. 

Construção do novo terminal de transporte rodoferroviário no Triângulo Mineiro garantiu mais de 300 oportunidades de emprego para os moradores da região.

Além de ser um empreendimento altamente rentável para a Usina Coruripe e para a Rumo Logística, que poderão agora ter um transporte mais eficiente do açúcar, o novo terminal também trouxe grandes benefícios ao estado de Minas Gerais e à região do Triângulo Mineiro.

Isso, pois, segundo dados das empresas, durante toda a fase de desenvolvimento do negócio, houve a  geração de cerca de 350 empregos diretos na região, sendo 300 pessoas contratadas para a construção e outras 50 para a efetiva operação do terminal.

Assim, o presidente da Usina Coruripe, Mario Lorencatto, comentou sobre o empreendimento e a importância do novo terminal para o estado mineiro e destacou que “Esperamos contribuir com o desenvolvimento da produção regional de açúcar e trazer mais facilidades a clientes e consumidores, além de gerar novos postos de trabalho. Esse investimento, apoiado por Funchal e BTG Agro Logística, demonstra o compromisso socioeconômico da nossa empresa com a região”.

Por fim, o vice-presidente comercial da Rumo, Pedro Palma, considera que o terminal em Iturama tem localização altamente estratégica para a região, visto que possibilitará uma cadeia logística de transporte muito mais eficiente para a comercialização do açúcar produzido no estado.

Relacionados
Mais recentes