Terminal Portuário em Salvador, no estado da Bahia, recebe visita do secretário-executivo do Ministério da Infraestrutura

Bahia Porto Salvador Ministério da Infraestrutura Governo Federal Secretário-Executivo do MInfra realiza em visita técnica ao complexo portuário da Codeba, Salvador Bahia

Marcelo Sampaio esteve no Codeba, em Salvador, para testemunhar as modernas instalações do porto que vem batendo recordes de movimentação desde 2019, sinalizando apoio do do Ministério da Infraestrutura e do Governo Federal para maximização de investimentos no estado

A Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba) recebeu nesta quinta-feira (09) a visita do Ministério da Infraestrutura, através do seu secretário-executivo Marcelo Sampaio. O objetivo foi entender e acompanhar as operações no terminal portuário localizado em Salvador, no estado da Bahia, que mostrados ótimos números em movimentação de cargas em 2019, se comparado à 2018.

Segundo dados oficiais postados no site do Governo Federal, os trabalhos do Codeba em 2019 renderam cerca de R$ 158,6 milhões, um incremento de receita traduzido em 13,36% se comparado com 2018.

O Porto de Salvador sozinho foi capaz de movimentar sozinho cerca de 3,3 milhões de toneladas ano passado até outubro de 2020. Este complexo portuário baiano detém hoje:

  • Oito empilhadeiras
  • Três empilhadeiras para contêineres vazios
  • Oito RTG sobre rodas
  • Nove armazéns de carga
  • Um moderno terminal de contêineres
  • Seis portêineres

Os principais produtos movimentados são os granéis sólidos (trigo), granéis líquidos (asfalto) e cargas gerais como granito e celulose.

Investimentos no Porto de Salvador

Os principais investimentos feitos pelo Porto foram a Via Expressa, que interliga o terminal à BR-324/BA, a dragagem do seu canal de acesso, a construção e modernização do novo terminal marítimo de passageiros, a compra de novos equipamentos para o Terminal de Contêineres e modernização da estrutura de recepção de trigo.

Também nesta visita a Bahia, o secretário inteirou-se sobre os projetos do Tecon Salvador, terminal do Codeba que faz as pontes internacionais entre o Brasil à outros lugares do mundo onde as operações atendem comercialmente. De 2017 até aqui, o terminal direcionou mais de R$ 443 milhões em investimentos, ampliando seu know-how em suporte e estrutura.

“O setor portuário vem batendo recordes de movimentação com resultados diferenciados, graças a uma gestão técnica que vem sendo adotada na Codeba. Acreditamos no potencial dos portos da Bahia e estamos otimistas com os futuros projetos que serão implementados”, completou Marcelo Sampaio.

“O setor portuário vem batendo recordes de movimentação com resultados diferenciados, graças a uma gestão técnica que vem sendo adotada na Codeba. Acreditamos no potencial dos portos da Bahia e estamos otimistas com os futuros projetos que serão implementados”, completou Marcelo Sampaio.

VISITA TÉCNICA – Além da Codeba e do Porto de Salvador, Marcelo Sampaio irá nesta sexta-feira (9) vistoriar o Porto de Aratu-Candeias, que faz parte do Programa de Concessões do MInfra e prevê investimentos de R$ 413 milhões. O secretário finaliza a agenda visitando o Aeroporto Internacional de Salvador, que passou por obras de ampliação e renovação e investimentos na área de sustentabilidade sendo o primeiro aeroporto do Brasil a possuir uma usina solar com capacidade para suprir mais de 30% do consumo atual do terminal de passageiros.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.